22 September 2009

PARECE QUE FOI HÁ TANTO TEMPO!


Há que tempos que não escrevo!... E, mesmo agora, já apaguei sei lá quantas frases começadas. Nunca faço isso. Escrevo sempre de enxurrada, sem censura nenhuma, sem reler.
Estou plena de coisas para dizer. Devo ter deixado passar tempo demais e agora está tudo compactado cá dentro, uma amálgama de sentires todos misturados, já sem características próprias. E como falar dessa massa de cor parda já sem forma nem conteúdo distinto?
Faço uma pausa. Fecho os olhos e cavo um túnel para dentro. Parece que me desfolho. Fica tudo do avesso. Olho para os meus braços e vejo músculos, veias, sangue, carne. Tudo de fora. E eu ligeirinha. A correr por dentro de mim, a escorregar na pele virada para dentro. Suave, quente e lisa.
Diz-me o psicanalista ( coisa fina...) que já pareci uma "morta-viva". Que foi por um triz.
Que disparate! Não sinto nada disso. Desprezo o dramatismo que imprimem ao que me dizem. Sabem lá que não estive a anos-luz de me acabar. E daí?
A vida imortaliza-nos. Em oposição ao esquecimento. Quem nunca viveu não esquece. Acontece que não quero esquecer. Nunca quis. Nunca o fiz. Lembro-me de tudo. Quero que assim seja. Preciso da memória para para lembrar, para me reconciliar. Com o que me magoou, me mudou, me enganou.
E comigo, sobretudo. Apaziguar-me com as recordações dolorosas, integrá-las em mim, tijolos do meu Ser. Produzir a mais sublime alquimia. A transformação do prosaico em divino.
Pronto! Era só isto, afinal. Parece pouco mas está cá tanto. Tenho as vísceras expostas há tempo demais. É bom que reponha a ordem. Foram muitas as ajudas. Colos imensos de cá e espalhados na Europa, pilares no Brasil, em Amsterdão e na Suécia. Também houve faltas e desilusões, mas por isso mesmo se diz que é na adversidade que se conhecem os amigos. Ou, como diz o povo" só faz falta quem cá está".
Sei que a BlueVelvet que volta não é a mesma. Talvez seja mais Blue que Velvet, mas também não pensei voltar e aqui estou.
Se de vez em quando resvalar, conto que desculparão.

14 nhận xét :

salvoconduto said...

Eita, cantinho arejado com as cores da estação. A escrita está na mesma àquela que um dia sem saber como aqui entrei e resolvi lançar âncora. Não sei se mais Blue se mais Velvet. Para mim sempre Velvet.

Abreijos.

ematejoca said...

Tenho dificuldade de exprimir os meus sentimentos, e por isso, limito-me a dizer, que estou muito feliz, que estejas de volta, Blue Velvet, mesmo que estejas mais "blue" do que "velvet"!!! Significa que superaste a crise?! Assim, seja!

Que lindo e outonal está o teu blogue, Blue Velvet! Caso não aches rídiculo, vai buscar ao "ematejoca azul" o selo de Outono.

anamar said...

Que seja um primeiro dia do restio de muitos outros que hão-de vir...
Não há mal que sempre dure...
Foi-se o Velvet, ficou o Blue?
Blue is blue...
:))

mjf said...

Olá!
Os maus momentos na nossa vida fazem-nos valorizar, as pequenas coisas que nos deixam felizes...
És uma Mulher forte, que mais uma vez superou uma crise...
Bem hajas:=)
Fico contente com o teu regresso Bluezinha...

Beijocas

pedro oliveira said...

Olá,
Espero que esteja tudo bem contigo.
Vai aparecendo, que eu prometo cá vir ler-te.
bjs

Antonio saramago said...

Eu já tinha prometido aos meus botôes que iria á tua procura, mas voltas-te com o Outono, um outono ainda cheio de verâo, mas as arvores vão-se despindo e tu vestis-te o teu espaço com arõmas outonais e onde voltas a espelanar toda a tua força de criação...
BEM VINDA AMIGA...

Pitanga Doce said...

Ó Blue volto mais tarde pra te ler, mas isto aqui está tão claro que nem parece a chegada do Outono. Há SOL por aqui!!!

volto à noite!

Fernanda said...

Olá Bluevelvet!

É sem dúvida outra pessoa, quase diria... a oposta da outra que vim aqui encontrar.

Gostei imenso da forma como escreve e como se expoem, sem falsos rodeios e pudores. Adorei a garra e o amor à vida aqui tão bem descrita.

Fiquei fã, nada de só Blue e muito de Velvet.

Esta é a minha casa, literalmente, para o meu filho que está longe poder matar as saudades.
Estou ainda como colaboradora noFernanda Ferreira
e o meu outro Blog é o Fernanda Ferreira

Volte sempre, eu também voltarei, it's a promise.

Permite-me um abraço?!!!
Fernanda ou Ná (como se sentir melhor)

Tite said...

Olá Blue Velvet!

Eu sei que o blog se escreve tudo pegado, mas é já no seguimento do que li que te (desculpa o te mas não consigo tratar por você alguém com quem me identifico visceralmente) trato como dizes mais Blue que Velvet.

Vim atrás da Ná, por quem tenho enorme consideração, e pensando no que li lá na Casa do Rau.

Tenho andado como tu e ao ler-te pensei: - será que também tenho que ir ao psicanalista? Custa encarar essa hipótese mas se essa for a solução, porque não?

Vou voltar, podes crer. Gostei do teu ar politicamente incorrecto com o qual também me identifico.

Abraços solidários e... já volto!

Gata2000 said...

Como eu fico contente por te ler assim, com força para enfrentar as cores do Outono que está à porta.
Adoro o novo look, e adoro sentir-te assim, pronta a repôr a ordem, seja blue ou velvet, o importante é estares aqui!De volta!

Patti said...

Vê lá tu mulher, que és só praia e sol e mar e mainãoseioquê e pimba, voltas na minha estação!
Pontaria fina, é o que é!

Bem voltada e de escrita apuradíssima, como sempre e que saudades já tinha a vizinhança do nosso blogobairro.

Sunshine said...

Que bem sabe ler-te assim...
Concordo contigo o passado não se esquece integra-se.
A tua casinha está linda! Até me fez vontade de passar a gostar do Outono ;)
Tenho andado afastada, mas não pude deixar de passar por aqui para te deixar os meus beijinhos com raios de sol

de dentro pra fora.... said...

E não é que foi mesmo há muito tempo...ainda bem que estás de volta, que saudades...

Beijinho grande

Pitanga Doce said...

Pronto! Já temos de volta a advogada do blogobairro. Já podemos dizer todos os disparates que não vamos presas. hehe

Bem Vinda