11 March 2009

...............

Desenho de Maria Eugénia

O que faço com a minha mente,
que por natureza já é muito sonhadora?
Sou o que me consome ou aquilo que consumo?
Estou cheia de indagações na primeira mente.
A segunda mente,
responde-me sensações.
E a minha mente,
mente.

22 nhận xét :

ematejoca said...

Interessante jogo de palavras completado com um desenho mesmo do meu gosto.

Boa noite, Veludinho!

salvoconduto said...

Se atua mente, mente, estais-me a enganar as duas.

Abreijos sem mentiras.

ematejoca said...

Ao ler o teu comentário na Fadinha, não resisti ________

http://baumgartl.blogspot.com/

Antonio saramago said...

É interessante como por vezes nos conseguimos enganar a nós próprios.

Rafeiro Perfumado said...

Primeiramente tens de ver qual é que mente e qual é que não mente. Principalmente é isto... ;)

pedro oliveira said...

É um jogo complicado e constante.Quando a mente, mente, a quem ela se confessa?

Tretoso Mor said...

Veludinho,

Se a tua mente te mente, e tu sabes que te mente, simplesmente mente porque a deixas mentir!...

Tretices azulinhas para ti.

f@ said...

Só mente para mentes abertas pode um chá de limão verde com as cascas cortadas en fio tornar-se uma delicia... e servir tb para novas emoções... fica então a m e n t e atare f a d a... a imaginação com asas…
não me faças divagar que a i n d a estou meio enso n a d a...

Beijinhos

Patti said...

O poder do nosso espírito é muito forte. É melhor entrar num acordo com ele.

sagitario said...

olá velvet.
o desenho está muito bem construido e o tema também, a nossa mente é soberana e sabe como deve reagir, mas muitas vezes não a ouvimos e nem sequer a trabalhamos.
O oriente desenvolveu bem mais a mente do que o ocidente, por isso nessa matéria temos muito a aprender com eles.

Miepeee said...

Que grande mentirosa que tu es ...ahah
Beijinho.

mjf said...

Olá!
" A minha mente, mente "...dizes tu,e concordo...por isso ando diáriamente a tentar educá-la ;=)
ehheh

Beijocas

Gata2000 said...

Põe-lhe pimenta na língua, dá-lhe um castigo severo e obriga-a a dizer sempre a verdade. Se não resultar...convence-a pelo mimo, do chá de limão.

Justine said...

Não mente, não. Só se tu deixares...

paulofski said...

Li-te docemente.

Agradeço a demonstração de toda a solidariedade que demonstrou comigo perante tanta injustiça num blogue tão puro e decente.. hrummm!

Grato

BC said...

Essa mente anda mesmo confusa, bebe uma infusão de cházinho à noite e isso resolve, mas só metade dos problemas.:)
Beijo
Isabel

xico man said...

Muito bom!Bj

Si said...

A mente não mente. A mente menciona o essencial à sobrevivência, despe de emoções e instiga o corpo, castiga-o se for preciso, mostra-lhe as armas que se devem usar para vencer. Nós às vezes é que não queremos ouvi-la e deixamos de acreditar em nós mesmos... e é tão fácil isso acontecer...
Beijinhos

Carminda Pinho said...

Mente que mente, quando é preciso, é boa mente.:)

Beijos

Pitanga Doce said...

Aaah, mentirosa!! hehe

beijos

Leonor said...

um pouco das duas, creio eu... (mas muito bem escrito)

Oliver Pickwick said...

Brincava de puzzle quando era garota, hein Velvet? Versos com jogo de palavras não é para qualquer um.
Um beijo!