22 December 2007

EU QUERO OS MEUS SONHOS NUMA GARRAFA

Não me dêem perfumes e computadores,
carros, peles ou jóias.
Não me tragam recuerdos e souvenirs,nem dinheiro em envelopes.
Não quero garrafas com àgua dos mares do Sul, nem areias coloridas das praias do Brasil.
Não quero pulseiras de marfim, nem troféus de caça de Àfrica.
Não me comprem whisky escocês nem botas aprés ski.
Eu quero garrafas, garrafas com tampas douradas
para guardar a espuma fofa e branca das ondas,
as nuvem imaculadas onde possa brincar sem cair,
o cheiro da savana africana,
o silêncio do deserto,
os sons nocturnos da selva.
Eu quero capturar o vento que assobia nos penhascos e guardar os meus sonhos numa garrafa.


Take this Christmas Icon

10 nhận xét :

Maria said...

Guardar o vento numa garrafa sim, para o podermos ouvir sempre que quisermos.
Mas os sonhos, os sonhos terão que ficar guardados dentro de nós, senão deixam de ser sonhos.....

Beijos

Oliver Pickwick said...

A descoberta da vida simples, espartana, dos valores essenciais.
Parabéns, Velvet, descobriu a idade da razão, como tão bem descreve nesses versos.
Beijos, e Feliz Natal!

Olá!! said...

A simplicidade é um dom maravilhoso.
Senti-me BEM a ler-te.
Beijosssssssss

Luís Galego said...

querída blue,

embora nada disso queira, o que é certo que todas as frases reunidas deram um excelente texto. De facto (e de direito) sua Excelência merecia ser capa de qualquer grande magazine sobre ternura e poesia.

Um abraço sentido...

vsuzano said...

Ok, vou-te oferecer uma daquelas garrafas que já tem um bicho lá dentro... hehehehehe

Natal Bom e boas entradas

Cöllyßry said...

Hoje desejo… que a Harmonia neste Natal desça sobre ti
Em forma de chuva de pétalas.

Doce beijo

http://olharindiscreto.blogs.sapo.pt

Mercúrio said...

guardar sonhos? para os poderes ir soltando? será?

melgadoporto said...

Eu já escrevi a minha carta ao Pai Natal.
Tinha um só pedido, feito numa só palavra.
SONHOS!
Santo Natal!
:)

Olá!! said...

- Estou? É da Polícia?
- É sim. Em que posso ajudá-lo?
- Queria fazer queixa do minha vizinha Blue Velvet. Ela esconde droga dentro dos troncos da madeira para a lareira.
- Tomámos nota. Muito obrigado por nos ter avisado.
No dia seguinte os agentes da Polícia estavam em casa da Blue Velvet .
Procuraram o sítio onde ela guardava a lenha e usando machados abriram ao meio todos os toros que lá havia, mas não encontraram droga nenhuma. Praguejaram, foram-se embora e logo de seguida toca o telefone em casa da Blue Velvet.
- Hei Blue! Já aí foram os tipos da Polícia?
- Já.
- E racharam-te a lenha toda?
- Sim
- Então Feliz Natal Amiga! Essa foi a minha prenda!
FESTAS FELIZES E UM SORRISO

Jasmim said...

Não posso estar um dia sem vir aqui que me fazes destas surpresas. tu!!!!
bjocas