29 May 2008

BEIJINHOS


Somos de modas, no vestir, no comer, no falar, nos sítios de moda onde vamos beber um copo, enfim, há uma moda para tudo.
Aquilo que comemos e vestimos é frequentemente ditado pelos grandes interesses económicos que usando meia dúzia de truques nos levam à certa, e venha de lá o mais pintado dizer que não. Então e o falar? Por que raio de carga de água todas as frases em português corrente passaram a começar por: Então é assim?
E quando cumprimentamos alguém, fica-se logo a saber se somos queques ou não, dependendo do facto de darmos um ou dois beijinhos.
É claro que depois há aquelas cenas caricatas de darmos só um beijinho a uma pessoa que não pertence à mesma tribo e que fica de cara estendida, à espera do segundo.
Há até quem se desequilibre. Há sim, que eu já vi.
E quando nos despedimos, é agora muito comum ouvir-se: Adeus e um beijinho grande!
Tenho estado a pensar que será isto de um beijinho grande? Se é um beijinho, deveria ser pequeno, não é para isso que servem os diminutivos? E mesmo que fosse um beijo, o que é um beijo grande?
É um beijo em que se faz muita força entre as superfícies de contacto?
É um beijo demorado, do estilo um come cerejas e o outro cospe os caroços?
É um beijo muito repenicado e ruidoso, tipo chupa caracóis?
É um beijo estilo lambidela de vaca, em que os osculados parece que acabaram de tomar banho ou de pôr gel no cabelo?
É um beijo estilo endoscopia, com a língua enfiada pelas goelas abaixo?
Enfim, pronto.
Beijos e assim!

19 nhận xét :

pinguim said...

Olha...beijinhos....

Carminda Pinho said...

Olhe...tá a ver? eu não sou de modas e ...assim.:)))

Beijinhos e abraços

Patti said...

Que beijoqueira que estamos hoje!

Olha, beijinhos e veludinhos e já a gora, arzinhos também.

kakauzinha said...

Ó Blue, aquele beijo da língua lembrou-me "já sei namorar, já sei beijar de língua". Não que seja goela abaixo, mas dentro do raio de acção desejado é, digamos, muito apelativo, cof cof cof.

Ficar pendurada também já fiquei. Mas a minha "moda" são dois beijinhos e pronto, não prescindo, até porque... é à nossa moda.

O beijinho grande também uso, é uma forma carinhosa de alongar por escrito uma bjufa acompanhada de um abracito.

Olha, toma lá um beijito grandito, com abracito e tudo bluezito, pontus!

(*):)

f@ said...

Ah... endos cópia... a nunca fiz.. num gosto de cópias... bem logo leio melhor isto dos beijokas..... e depois comento...
das nuvens beijinhos esta semana foi tudo molhados...

D.Antónia Ferreirinha said...

Então é assim, deixo um beijinho grande.

Rafeiro Perfumado said...

"Beijinho grande" é simplesmente uma incoerência das grandes. É o mesmo que dizer "ai que cacto tão fofinho"... ;)

Beijoca!

Pitanga Doce said...

Então é assim: na verdade ninguém beija ninguém, a não ser mãe com o filho. Estes beijos de cumprimentos, "vão ao ar" porque o que se encontram, mesmo, são as bochechas. A pessoa encosta a bochecha na da outra pessoa e beija o ar. Veja lá se não é. Por isso nao faz muita diferença que sejam beijinhos grandes ou pequenos ou "beijinho bom" como dizia o Herman. hehehehe

beijinhos do tamanho que quiseres, Blue

Luís Galego said...

“Sou a favor do costume de se beijar as mãos de uma mulher quando somos apresentados. Afinal, é preciso começar por algum lado.” Sacha Guitry


Um beijinho tambem e obrigado por mais um texto cheio do humor já característico da Blue....

jasmimdomeuquintal said...

fizeste-me rir...
um beijo, apenas...

Coragem said...

Blue, beijinho grande :p

Sol da meia noite said...

Pois... acredito que haja quem sacrifique a autenticidade adoptando todas as formas de escravatura e mais algumas...
Confesso que tudo isso me passa ao lado.

Deixo um beijinho *

1/4 de Fada said...

Então e aquela dos nossos amigos brasileiros do "beijo no coração"?
Pózinhos de fada.

Maria said...

Então é assim: :))))
Um beijo é um beijo
um beijinho é um beijinho
Prontos!!! com S
(não gostei nada daquela coisa da língua de vaca...)... :))))

Beijinhos grandes e pequenos e (tb não gosto do chupa caracóis - da expressão, claro - nem de cuspir o caroço) olhe, sei lá, cheguei...

Ai que betice de comentário, LOL

f@ said...

Blue vim ler melhor.... hummm .... num percebi mto bem o de chupar caracois nem as lambidelas da vaquinha... deve ser no campo... vou ver se observo isso das nuvens

Filoxera said...

Bom dia, beijoqueira.

Cris de Bourbon said...

Pela inspiraçao, deves ter recebido um beijinho dos grandes em uma despedida...

Lisa's mau feitio said...

A incongruência é tal e qual a que se apresenta quando se diz que o bebé é tão pequenino. Que o bebé é enorme.

Entre outros exemplos carinhosos.
Eu deixo quase sempre beijinhos grandes. Ou bons. Ou fofos.
Depende do que me estiver a apetecer deixar. Depende.
Não é coisa que me afecte. Tal e qual não me afectam as "bjufas" ou os "jinhos" ou os "bjs" ou as "jocas" ou pior ainda: "jocas" com kapa.

Mas esta é a minha (in)válida opinião.

Lisa

Sunshine said...

Olá Blue, adorei estes beijos que me fizeram rir. Algumas das razões por que gosto de visitar encontro neste texto: o humor, o sentido crítico e a criatividade.
Eu cá mando-te um beijinho dos meus: com raios de Sol