23 May 2008

CÓDIGO DE CONDUTA PARA BLOGGERS


Uma mulher do Missouri foi acusada de ser responsável pelo suicídio de uma adolescente de 13 anos, depois de se ter feito passa por um rapaz no portal social My Space.
Lori Drew, de 49 anos, fingiu ser um adolescente de 16 anos e trocou mesagens com Megan Meier, onde lhe dizia que ela era sexy e que gostava dela.
Manteve este "relacionamento" durante uns meses, até que numa última mensagem, escreveu que " o mundo era um lugar melhor sem ela".
Nesse dia, Megan Meier enforcou-se.
Lori Drew incorre numa pena de prisão de 20 anos.

Esta é mais uma prova de que tudo em que o homem põe a mão conspurca, se assim o quiser. Quando comecei o meu blog, vários foram os bloggers que ao receberem o tratamento de "você", me deixaram comentários a solicitar-me que os tratasse por tu.
Como não tinha experiência neste mundo pensei que fosse um código de conduta, e como "em Roma sê romano", passei a fazê-lo.
Depois apercebi-me que todos se despediam, nos comentários com " Beijinhos" ou " Beijos". Como me fazia alguma confusão tanta intimidade, sobretudo com homens, optei pela despedida " veludinhos azuis", mas com o passar do tempo, e a fidelização de muitos blogs, passei a deixar, também eu" beijinhos".
Logo depois, apercebi-me que o termo " amigo" e "amiga" era o mais usado entre todos.
Aí, fui mais renitente, e só com o passar do tempo, e me desculpem alguns, passei a utilizar esse tratamento só para aqueles com quem, de facto, comecei a ter um relacionamento mais "íntimo".
Há 2 meses tive um problema na net ( nos blogs ) que muito me abalou.
"Amigos" que durante 7 meses me encheram de prémios, de comentários, e que inclusivamente trocaram contactos comigo de msn e telefones pessoais, retiraram o meu link dos seus blogs, fizeram dezenas de comentários desagradáveis a meu respeito noutros blogs ( ainda que encapotados), gozaram-me e chegaram até a ameaçar-me.
Falaram das pessoas que sentem solidão e por isso pedem socorro a pessoas que têm a sua própria vida para viver, fizeram julgamentos e crucificações, afirmações que não correspondem à verdade, e confesso que isso me desestabilizou, e me levou inclusivé a, agora estar de pé atrás com estas " amizades" bloguianas.
Felizmente para mim, sou uma mulher forte que não se deixa abater por tão pouco, e que, sobretudo isso, quando sou vítima de injustiças a revolta que sinto é tão grande que isso me dá uma força que me impele para a frente, ou seja, me puxa para cima.
Mas agora pergunto eu, se eu não fosse assim e fosse uma pessoa psicologiacamente instável e , por um acaso me tivesse suicidado por não aguentar a pressão a que fui sujeita?
Como se sentiriam essas pessoas?
Por isso, pegando nesta notícia que li no " Sábado" desta semana, e num Código de Conduta que copiei de um post da Carminda, venho só fazer um alerta, que poderão seguir ou não, mas no qual poderão, pelo menos reflectir:

- Não dêem apoio às pessoas que nos seus posts demonstram estar a passar por fases difíceis na sua vida, se não têm condições emocionais para o manterem. Ou seja, não prometam o que não podem cumprir.

- Não adianta tratar por tu para dar um clima de intimidade, nem chamar amigos às pessoas, para meses depois os banirem dos seus blogs.

- Não deixem comentários a dizer que as pessoas são óptimas, são especiais, são tudo o que há de bom, para meses depois, dizerem o pior possível delas.

- Não concordo nem vejo necessidade de expor a nossa vida nos blogs, mas entendo e aceito quem o faz.

Mas fazendo-o ou não, o importante é que o tratamento dado, por quem está do outro lado, seja no mínimo, civilizado.

A mim, a mossa que me deixou, foi só tornar-me desconfiada, e precaver-me contra essas situações. Mas pode haver quem não reaja assim, e depois do mal feito, podem não ter capacidade para arcar com as consequências.

Aqui vos deixo o tal Código de Conduta:
Tim O'Reilly, criador do termo Web 2.0 e Jimmy Wales, um dos fundadores da enciclopédia on-line Wikipédia, tiveram a ideia de criar um Código de Conduta para os Bloggers.

Esta é uma versão simplificada em português.
Comemoramos a Blogosfera porque ela envolve uma conversa franca e aberta. Mas a falta de franqueza não deve significar falta de civismo.
Apresentamos este Código de Conduta para Bloggers na esperança de ajudar a criar uma cultura que encoraje a expressão pessoal e a conversa construtiva.

1. Ter a responsabilidade de nos expressarmos pelas nossas próprias palavras e reservamos o direito de restringir comentários no nosso blog que não estejam conforme os padrões básicos de civismo.
2. Não dizer nada on-line que não diríamos pessoalmente.
3. Se os conflitos aumentarem de intensidade, entrar em contacto pessoalmente antes de responder publicamente.
4. Quando acreditarmos que alguém está sendo atacado por um outro injustamente, tomaremos alguma providência.
5. Não permitiremos comentários anónimos, mas permitiremos comentários com nicknames.
6. Ignoraremos os trolls.
7. Incentivaremos os Bloggers quanto à imposição mais rigorosa destas condições de serviço


Troll: designa uma pessoa ou grupo cujo comportamento tende sistematicamente a enfurecer ou provocar as pessoas numa discussão.
O Troll costuma deixar comentários provocadores ou difamatórios nos blogs.

44 nhận xét :

Filoxera said...

Bom post.
Beijnhos.

Oliver Pickwick said...

Não é querendo lhe desanimar, prezada Velvet, mas acredito que este código de conduta tem tanta eficiência quanto o Artigo I daquela velha declaração: "Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade".
No entanto, não custa lembrar, como fez muito bem neste artigo.
A cortesia é diretamente proporcional ao código de conduta de cada um.
Um beijo!... ops... digo, um abraço respeitoso! ;)

Coragem said...

Querida blue, curiosamente hoje vou postar sobre amizade virtual.

Tal como na net, na vida real encontramos gente boa ou má, fraca ou forte, transparente ou opaca.

Vive por estes lados quem pode, sobrevive, quem é astuto!

Eu sou daquelas, e já conhecida como tal, de ser transparente, falo de mim, sem qualquer receio, a verdade é que não conto tudo, longe de mim...O mais importante fica.

Não me regulo geralmente por condutas pré estabelecidas, aqui neste espaço comum a todos, sou a eu própria, sempre.

Mas uma coisa é certa, não se deve meter em apertos quem tem calos.
A minha vida já ela é dificil de gerir, não tenho que me preocupar com a vida de ninguém.
Mantenho a minha postura, não me vejam por aquilo que não sou, nada prometo, que não possa cumprir.

Veludinhos

Vieira Calado said...

Muito úteis recomendações.
Bom fim de semana.

f@ said...

Olá... mto bom este post... com que temos sempre a aprender, Acreditar está dentro de nós… (eu acredito sempre) há os que vão logo de cabeça e os que são + prudentes... a vida vai-nos dando lições que nenhum outro curso se aprendem … este post é séri, mas já me fez rir… sabes …
O meu blog teve início em Janeiro… nunca fui de cuidados nem prudente… e ainda por cima ando nas nuvens… mas tenho as gatinhas com mto + de cinco sentidos e o faro da Iara…
Há uma coisa que quero dizer e que percebi desde o inicio – é sobre as pessoas terem o hábito de dizer mal umas das outras, mesmo sem se conhecerem … acho feio e quando alguém o faz eu trato logo de lhe colocar uma etiqueta … e rejeitar por rejeitar eu escolho aquele que diz mal nunca a sua vitima… eu gosto de escolher os meus amigos e ser eu a avaliar….
Vale sempre a alegria da partilha a descoberta do outro ... sempre que existe verdade...o que mtas vezes é dificil porque o ser humano assim "quer" ... pois já só fatava ter de se usar profilaxias para blogs... tipo preservativo para veludos, preservativos para nuvens...azuis brancos com sabores medios ou xxl ou small....
beijinhos das nuvens

Sunshine said...

Querida Blue, não tenho tido muito tempo disponível por motivos profissionais, mas faz-me falta vir visitar-te aqui no teu cantinho acolhedor.
Inicialmente encantei-me com a quantidade de energias positivas que circulavam na blogosfera... mas, seja onde for o ser humano é sempre igual e há aqueles que destilam o seu veneno:(
Eu sou a mesma: aqui ou para quem me conhece pessoalmente, senão seria uma grande confusão 8é que quem me conhece também me lê)!
Beijinhos e bom fds

1/4 de Fada said...

Aqui, como na vida em geral, a sensatez é rainha.

Patti said...

São problemas que surgem, tal e qual como na nossa vida do dia a dia.
Porque do outro lado do blog estão pessoas, iguais às que lidamos todos os dias.
É difícil enfrentar esses problemas, porque tudo isto ainda é muito recente e nem toda a gente tem os mesmos códigos de conduta. Nem na vida quanto mais no mundo virtual.
Não deves nunca deixar o blog e tenta ultrapassar a pouco e pouco esse problema da melhor maneira.
É fácil falar, seu sei, para mais quando, como tu dizes tinhas amizade com as pessoas.
Também penso que se deve tentar resolver os problemas aberta e pessoalmente com todas a partes envolvidas, porque às vezes existem coisas que nem sempre sabemos como se passaram. Há sempre um 'Se'
Mas toda a gente que aqui vem gosta de te ler e quer-te cá.

E portanto, está decidido, ficas cá.

Bejinhos do Ar

D.Antónia Ferreirinha said...

Eu li muito atentamente o seu post, muito bem escrito, e digo que há nele coisas com as quais eu não concordo absolutamente nada.
"Quem tem unhas toca viola", pressupondo eu que quem as não tem, não toca tão bem como tal, deve agir com cautela.
A cautela é necessária e muito útil tanto na blogosfera como na vida em geral.
Eu por exemplo, chamo amigo a muito poucos e a quem o chamo, já contacto com eles na blogosfera há muito, e se por um motivo ou outro estes meus amigos não se encontram bem, manifesto a minha solidariedade e ainda não me arrependi de o fazer.
Mando beijinhos sim, como forma carinhosa de dizer obrigada pela visita.
Trato por tu porque sou assim mesmo e porque não gosto que me tratem por você. Se alguém algum dia se sentir lesado ou se eu própria sentir que para comigo estão a dar um passo maior que a perna, corto imediatamente o mal pela raiz.
Em relação à exposição da vida de cada um nos seus blogues, a cada um deles diz respeito. Até podem estar a mentir. Simplesmente fico naquilo que me parece.
Quanto ao código de conduta, eu já o seguia antes mesmo de o conhecer, não cumprindo a alínea que fala dos anónimos ou do uso de nicks. Como não conheço nem uns nem outros em mim surtem o mesmo efeito.
O seu post foi no sentido de alertar, e fez muito bem, principalmente no que concerne aos adolescentes e às crianças. Mas aí existe um papel importante a fazer, de toda a sociedade em geral. Virtual/real.
:-)

lino said...

Eu cá trato por tu quem por tu me trata e trato mais cerimoniosamente quem comigo faz o mesmo. Normalmente deixo beijos para as senhoras, porque assim faço na vida real quando me são apresentadas, independentemente de serem da mesma idade, mais velhas ou mais novas. Não vejo nisso nada de mal, ando por cá há seis anos e tenho o meu canto vai para dois, permiti comentários a visitas sem registo a pedido da minha filhota e nunca tive de apagar nenhum. Mas se for preciso, não hesitarei em fazê-lo. Coisas demasiado pessoais e que me identifiquem perante quem não quero, não embarco nessa, pois os meus quase 59 anos de vida já me ensinaram muita coisa. Há na rede muitas pessoas que sabem quem eu sou e não me sinto nada incomodado, pois não o vão divulgar.

Vieira Calado said...

Olá, de novo.
Claro que pode. Os autores sempre gostam que isso aconteça.
Pelo menos, eu gosto...
Agradecia, como diz, que me comunique e ponha a ligação.
Cumprimentos

Sophiamar said...

Afinal este mundo virtual é feito por pessoas e como tal tem os defeitos inerentes à condição humana. Felizmente, não tenho tido grandes dissabores. O saldo das amizades que aqui tenho feito é tão, tão positivo que três ou quatro pessoas que tenham partido não passam de uma gotam de água no oceano. E saio cada vez mais forte com as desilusões.

Beijinhosss

Bem hajas!

amigona avó e a neta princesa said...

Sempre fui muito confiante, mas sei que os perigos espreitam...há que estar atenta...bom fim-de-semana...

Coragem said...

Blue ainda acrescento uma coisinha...
A minha avó que era uma senhora muito sábia dizia qualquer coisa como isto:
Só faz falta na minha vida quem está, quem se mantem, quem seguiu, quem foi embora, não me faz falta absolutamente nenhuma.

Se a blue diz ser uma mulher forte e eu acredito, seguir em frente é o caminho certo, se os antigos foram, mais recentes virão...

Beijinho e força porque amanhã é um novo dia :))))

Nilson Barcelli said...

Gostei da tua abordagem ao problema em causa.
O que eu acho, é que a conduta nos blogues não deve ser diferente da conduta fora dos blogues, ou seja, na vida real. Devemos valorizar, por isso, valores como a honestidade, a lealdade, a honra, a palavra, etc.
Todos os problemas que surgem na blogosfera, no fundo, não nos devem surpreender, já que as pessoas, com todos os seus defeitos e virtudes, são as mesmas.
Pertencemos a uma sociedade com ladrões, assassinos, gente mal educada, mas, por outro lado, gente com excelente formação cívica, que nos blogues e na minha modesta opinião, serão uma larga maioria.

Bom fim de semana,
Beijinhos.

pinguim said...

O meu único código de conduta, aqui na blogosfera, é ser igual a mim próprio; também já fui traído uma vez, mas não me abalei: "os cães ladram, e a caravana passa".
Beijinhos descomplexados.

BlueVelvet said...

Olá Filoxera,
brigada amiga.
Beijinhos. Muitos:)))

BlueVelvet said...

Oliver,
tem toda a razão.
Pode deixar beijinhos e eu dou de volta:)))

BlueVelvet said...

Coragem,
gostei dessa de não se meta em apertos quem tem calos.
Ai, nada pior que uns sapatinhos apertados.
Beijinhos para si

BlueVelvet said...

Vieira Calado,
obrigada pela visita.
Dias Felizes

BlueVelvet said...

Fa,
já me puseste a rir.
Preservativos para veludos e para nuvens!
Devia ser giro.
Beijinhos para ti, para os gatinhos e para a Iara.

BlueVelvet said...

Sunshine,
bom fim-de-semana para ti também.
É sempre bom ter por aqui os teus raios de sol.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Tens toda a razão 1/4 de fada.
Sensatez acima de tudo.
Beijinhos, linda

BlueVelvet said...

Querida Patti,
obrigada pelos teus beijinhos do ar que cairam muito bem nos meus veludinhos.
Beijokas

BlueVelvet said...

D. Antónia,
obrigada pela visita.
Devia ter avisado que vinha para ter um Porto condigno à sua espera.
Gostei do que disse.
Volte sempre e
Dias Felizes

BlueVelvet said...

Ó Lino,
59 anos?
Hum, então a fotografia não é sua!!!
Anda a enganar o pessoal:)))
Volte sempre, e
Dias Felizes

BlueVelvet said...

Sophiamar,
que bom ver-te por aqui.
Tu e o teu mar de que gosto tanto.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Amigona,
há que estar atenta sim senhora.
E as caixinhas, como vão?
Beijinhos e bom fim-de-semana

BlueVelvet said...

Coragem,
obrigada pelo bi-comentário:)))
A minha avó dizia uma mais ou menos igual: só faz falta quem cá está.
Beijinhos e bom fim-de-semana

BlueVelvet said...

Olá Nilson Felpudinho,
tens toda a razão.
Beijinhos e bom fim-de-semana

BlueVelvet said...

Pinguim,
ora então está bem: beijinhos descomplexados para si também e bom fim-de-semana

kakauzinha said...

O que te aconteceu não me admira nem um pouco, há sempre quem "dê" tudo e depois o retire de um segundo para o outro.

Mas fazes bem em não ligar muito a isso e continuar a ser um pouco desconfiada. É que realmente o que não falta para aí é doidos, eles andem aí, ai andem andem!

Mais um kissu bery bery blue(*)

lino said...

Que fotografia, Blue?
Eu cá só tenho fotografia no BI, passsaporte e carta de condução porque a isso sou obrigado.

nuvem said...

Isto está assim tão mau?... Nunca imaginei.

Como sempre foste muito pertinente nas tuas palavras. Pena que o assunto seja tão desconfortante.

Beijinhos

Carminda Pinho said...

Blue,
nos 2 anos que tenho de blogosfera,
poucos foram aqueles que me decepcionaram, felizmente.
Mas como alguém já aqui disse...os cães ladram e a caravana passa...

Tal como tu amiga, e eu sei que assim te posso chamar, também eu fui aprendendo a lidar com quem comento, o tratar por tu, os beijinhos ou beijos...
De qualquer forma sou assim, tipo transparente e, muitas vezes isso trás-me problemas, mesmo na vida real isso me acontece.
Fazer o quê quando isso nos acontece?
O que tenho feito e, não me tenho dado mal, é seguir em frente.
Dizem que: - "aquilo que não nos mata, fortalece-nos" e, é assim que vou proseguindo neste caminho da blogos.
Tenho "conhecido" gente com quem muito me identifico e, tenho conhecido gente de quem muito fiquei a gostar.
Os outros...não fazem falta nenhuma, até me diverte a forma como encapotadamente, deixam espalhadas aqui e ali...farpas que reconheço, mas que nunca me atingiram. É que, batem na couraça da minha indiferença e, não me molestam.:)))

Beijos

Lisa's mau feitio said...

Olá Blue,

pois li este teu post e muito prezo tudo o que li. Isto porque me revejo, em termos de conduta, em quase tudo o que aconselham nesse artigo.
É por isso que eu não tenho quaisquer problemas na net. Quero dizer, originados por mim.
Os dois problemas que tive decorreram não da minha falta de postura, mas da falta de educação desmedida de uma blogger desgraçadamente perturbada e, um outro, porque fui envolvida num "barulho" que não era o meu. no primeiro caso, contornei a situação como foi possível. Tu assististe a isso na altura. Não se leu uma palavra que fosse a propósito do assunto, nem contra a blogger em causa. Até porque acho que o direito de expressão - má expressão, diga-se de passagem - a todos assiste e, a bem da verdade, todos têm direito às suas iras, desabafos, queixumes e sei lá mais o quê.
quanto ao segundo caso, tu pudeste assistir mais uma vez, infelizmente. Sabes a que me refiro e não gostei de duas coisas: de ver o meu nome envolvido numa situação que não me dizia respeito. Nem gostei de ver ofensas a uma pessoa, que pouco importa quem é, era ou foi. Tratando-se de ofensas como as que li, não gostei e reservo-me o direito, obviamente. Como tal, e pelos dois motivos referidos, agi por escrito, no local em causa: onde o meu nome foi referido. Qualquer pessoa o faria.

Problemas na net toda a gente tem. Por mais sossegados que queiramos estar, há sempre quem faça dispender as suas energias em prol de desacatos e afins. não acho lamentável, sabes. Por in´crível que pareça não acho. Isto porque todos são adultos, maiores e vacinados, livres de escrever. Quem se mete em meios sem limites "territoriais" como é a blogosfera, tem de se sujeitar ao que lhe aparece pela frente. e se uns são malcriados, outros são bons, outros são ingénuos, outros mentirosos, outros excelentes pessoas, outros nem por isso... Não terminaria.
E não há falsas personalidades na net. Tenho para mim e de forma convicta, que aqui cada um de nós é como se espelha na sua própria vida real. Pois se aqui há gente mentirosa, na vida real tb o será e disso não tenho a menor dúvida. Pois se aqui há gente ingénua, na vida real, ingénuo é. E assim sucessivamente.

Um dos aspectos que vem referido no artigo, deixou-me muito mais confiante em relação à postura que tenho e fico sarisfeita comigo mesma com isso. É aquele em que nos alertam para nos precavermos em relação a bloggers queixosos e com problemas e afins. Realmente, a gente lê disso e fica com vontade de dar uma ajuda e de confortar a pessoa. É o lado bom que todos temos, felizmente. Contudo, todos temos, também, um sexto sentido que nos faz perceber até que ponto esses queixumes são verídicos ou são exageradamente vividos e descritos. O que me faz questionar a intenção dos mesmos. Mas esta é uma qualidade que eu tenho, para alguns defeito, que é a de conseguir pela escrita a veracidade e o lado genuíno das frases construídas. Graças a Deus pude evitar um descalabro virtual. E ainda bem. Pois pude constatar que, de facto, não eram merecidas as minhas palavras nem tão pouco os afectos que, GRADUALMENTE, eu ia dando à pessoa em causa. Utilizei atrás o caps para reforçar o quanto eu gosto de ser gradual. não gosto que me mintam nem que me pressionem. Daí ter ido a tempo de evitar confusões de maior. E não me alongo mais quanto a isto, porque a discrição também é um dos meus fortes.
Quanto a bloggers que escrevem sobre isto e aquilo (tu mesma já o fizeste, crto?), seria tudo mais fácil se quem lê não se sentisse atingido por dá cá aquela palha. A mim causa-me confusão a mania da perseguição que certos leitores da blogosfera têm. Lêem uma piada. Pronto! É para si! Haja contenção e falta de carapuças a enfiar e tudo será mais fácil.
O caso de suicídio que referes no post decorreu de outras circunstâncias... Iniciadas pela net, é certo. Mas tenhamos em conta as idades das "personagens" entre outros factores que podem não estar explícitos. não gosto de avaliar casos apenas pela informação que me dão. Há tantos factores atrás dos comportamentos.
Uma amiga minha suicidou-se. foi enganada na net por duas vezes. Devo dizer-te que o suicídio dela se deveu mais ao facto de possuir tendências suicidas bem antes de ter criado o seu próprio blog. Ter-se-ia suicidado da mesma forma se quem a enganou tivesse sido o vizinho do lado.

Resumindo: este código é excelente e eu sinto-me lisonjeada por estar a cumpri-lo na melhor das formas. Daí a ausência de problemas graves na minha vidinha virtual.
Outro assunto: vou levar por estes dias a imagem que tens a ilustrar este post, caso não te incomodes muito. Não percebi se a imagem fazia parte do artigo que leste e, nesse caso, é óbvio que poderei levá-la (e já com trabalhinho de redução de imagem, o que é óptimo!!). Caso tenha feito parte de alguma busca tua, devo pedir autorização. Se bem que, mesmo tu não autorizando, eu possa vir a ter uma igual. É só questão de me dedicar a uma busca também. Portanto, aguardo que me informes sobre isto.

Fica bem.

Lisa

(Qto ao envio entre bloggers de beijinhos e aos tratamentos de "amigas" e afins também concordo. Há muito exagero, realmente. Mas também nos cabe e compete discernir entre o verdadeiro sentido das palavras ou não. Somos adultos, repito.)

BlueVelvet said...

Olá Kakausinha,
que bom ver-te por aqui:)))
Eles andem, andem, tens toda a razão.
Beijinhos e bom domingo

BlueVelvet said...

Olá Lino,
peço desculpa.
Ia jurar que tinha visto uma foto sua no seu perfil.
Mas é como os indíos? Acha que lhe levam a alma se lhe tirarem uma fotografia?:))))
Um bom domingo, e dias felizes

BlueVelvet said...

Nuvem,
que pena teres aparecido numa altura tão desagradável.
Gostava de te receber com raios de sol, como as nuvens gostam.
Beijinhos e veludinhos

BlueVelvet said...

Olá Amiga,
tens toda a razão: os cães ladram e a caravana passa.
Ou como dizia Mário Quintana: eles passarão, eu passarinho:)))
Beijinhos e bom domingo

BlueVelvet said...

Lisa,
a fotografia foi tirada da net.
Está à tua disposição.
Se não conseguires copiá-la diz, que envio-ta por mail.
Nunca escrevi sobre coisas da minha vida íntima no meu blog.
Só sobre a minha vida pessoal, tipo viagens, gostos ou coisas desse género.
Há uma grande diferença entre uma coisa e outra.
Quanto ao resto do teu comentário, seria uma perda de tempo responder, dadas as certezas tão absolutas que tens àcerca de tudo.
Fica bem.

Lisa's mau feitio said...

Blue, obrigada pela permissão para copiar a imagem.
Virei buscá-la em breve.

Eu não me referia ao facto de tu teres blogado coisas da tua vida íntima. referia-me ao facto de as pessoas blogarem sobre "isto e aquilo", relacionado com considerações negativas sobre bloggers, por exemplo, mesmo de forma ligeira e não directa.

Quanto ao facto de não re comentares o meu comentário, não faz qualquer diferença, dadas as circunstâncias que me levaram a estar tão certa àcerca de tudo! Gostaria de te esclarecer que não foi o assunto da questão (sabes a que me refiro) que me tocou pela negativa (até porque eu não tenho nada a ver com isso). Foi antes a forma como tudo foi tratado, exposto e descrito por ti. Mas cada um é como é. E cada um tem o direito de escrever como, onde e como quiser sobre o que bem entender. E não te esqueças que, pelo meio, esbarrei com o meu nome. Desnecessariamente, como tu mesma o escreveste em mail posterior. Mas o que é certo é que estive envolvida e exposta num situação grave que não era de todo causa minha. E reservo-me o direito de não ter gostado. Apenas por não fazer qualquer sentido.

Blue, acabou a conversa.

Obrigada, mais uma vez, pela fotografia. Se, de facto, não a conseguir copiar, peço-ta de outra forma. Obrigada pela disposição.

Fica bem.

Lisa

meg said...

Blue Velvet,
Vi essa notícia e também ainda tenho presente o que se passou comigo
Contra todos os meus princípios, e perante as o bloqueio de todo e qualquer meio de contacto, e como no meu caso havia nomes e apelidos, publiquei-os no meu próprio blogue feito à pressa.
É preciso desmascarar o lixo que anda aí a infestar a blogosfera.

Não temos que nos intimidar mesmo com quem menos esperamos, pela educação e pela instrução.

Ah... vim por mão amiga, e digo-te que também tenho o Código publicado permanentemente no meu blogue.


Uma boa semana

Um Momento said...

Hum...
Apenas digo:
Bom Post

Um beijo grande!

(*)