31 January 2010

(28) PORQUE É FIM-DE-SEMANA

MySpace-Comments

Mirtes não se aguentou e contou para a Lurdes:
Viram teu marido entrando num motel.
A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua de espanto, durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.
- Quando? Onde? Com quem?
- Com quem? Com quem?
– Isso eu não sei.
- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Puxava de uma perna?
– Não sei, Lu.
- Carlos Alberto me paga. Ah, me paga.
Quando o Carlos Alberto chegou em casa a Lurdes anunciou que iria deixá-lo e contou por quê.
- Mas que história é essa, Lurdes? Você sabe quem era a mulher que estava comigo no motel. Era você!
- Pois é. Maldita hora em que eu aceitei ir. - Discretíssimu's!Toda a cidade ficou sabendo. Ainda bem que não me identificaram.
- Pois então?
– Pois então, que eu tenho que deixar você. Não vê? É o que todas as minhas amigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não REAGIR.
- Mas você não foi enganada. Quem estava comigo era você!
– Mas elas não sabem disso!
– Eu não acredito, Lurdes! Você vai desmanchar nosso casamento por isso? Por uma convenção?
– Vou!
– Mais tarde, quando Lurdes estava saindo de casa, com as malas, o Carlos Alberto interceptou-a. Estava sombrio:
- Acabo de receber um telefonema – disse. - Era o Dico.
- O que ele queria?
– Fez mil rodeios, mas acabou me contando. Disse que, como meu amigo, tinha que contar.
- O quê?
– Você foi vista saindo do motel Discretíssimus, ontem, com um homem.
- O homem era você!
– Eu sei, mas eu não fui identificado.
- Você não disse que era você?
– O quê? Para que os meus amigos pensem que eu vou a motel com a minha própria mulher?
– E então?
– Desculpe, Lurdes, mas...
– Mas o quê??
- Vou ter que te dar uma surra...

MORAL DA HISTÓRIA:DEVEMOS CUIDAR APENAS DA NOSSA SAÚDE, POIS DA NOSSA VIDA, TODO MUNDO CUIDA...

16 nhận xét :

Nenúfar Cor-de-Rosa said...

hehhehehe!! Há gente que se separa por dá cá aquela palha :-)! Beijinhos e bom fim de semana!!

Emigrante said...

lol
Que moral mais catita!
beijinho grande

Teresa

Carlos Albuquerque said...

Surrealista moral!
Surra na Lurdes e Carlos Alberto fica de saúde cuidada!
Sempre que CA tiver um amigo doente dir-lhe-á, certamente:vai com a tua mulher para um motel!
BJS

JPD said...

Excelente!

Irrepreensível esta narrativa.

Belíssima edição.

Saudações

tulipa said...

Parabéns por partilhar momentos com sentido de humor. Rir dá saúde.

Hoje (31-Janeiro) é um dia especial, relembro Mahatma Gandhi.
Nunca é demais lembrá-lo e homenageá-lo.
Ontem terminou a minha exposição de fotografia sobre a Índia - em várias partes faço referência a Ganghi, inclusivamente uma das imagens mais bonitas da exposição é o túmulo de Gandhi.

Hoje recorri aos conselhos dos arcanos e do horóscopo, saiu o seguinte:
No período que vai de 31/01 (Hoje) a 03/02, o Sol se encontrará na Casa 4 e a Lua na Casa 11 do seu mapa, Ester. Seu sentimento de bem-estar emocional estará associado aos seus amigos queridos, mas de uma forma mais introspectiva: bom momento para selecionar quem é mesmo seu amigo, passar uma peneira fina! Este é um momento particularmente propício para fazer reuniões em casa com as pessoas mais queridas, ou mesmo visitar amigos-irmãos. Gradualmente, sua alma se abre para uma fase bem mais sociável, que emergirá nos próximos dias!

Pois, há que seguir os conselhos!!!
Boa semana.

Fernanda said...

Amiga,

Só mesmo seu :))))
Essa só pode ser anedota.
A Moral da história é bem verdadeira, mas francamente dar crédito a uma coisa dessas é para morrer a rir.


Beijinhos,

paulofski said...

E aqueles que "cuidam" dessa forma não estão interessados na nossa saúde e muito menos em zelar pelas nossas vidas, preocupam-se mais em fazer de suas vidas tema de bisbilhotice.

BC said...

Minha amiga é emails, mas blogue andamos fugidas.
Se quiseres ver se me conheces um pouco tens lá o desfio da Ematejoca, responde se quiseres ok.
Boa Semana
Bejocas

de dentro pra fora.... said...

Será que o amigo viu mesmo!??
Cá pra mim..

Ele tinha de arranjar maneira de dar a volta ao "texto" e dar a última palavra, lol, mesmo á macho, falta saber o que veio a seguir...lool

Antonio saramago said...

Vamos lá deixar de CALHANDRICES!!!

Justine said...

Ui, o que praí vai de preconceito nessa história bem contada (não sei de quem é, mas lembrou-me as pequenas histórias do Fernando Veríssimo)

Justine said...

Ui, o que praí vai de preconceito nessa história bem contada (não sei de quem é, mas lembrou-me as pequenas histórias do Fernando Veríssimo)

Si said...

E uma surra nesses amigos???
;D

Fernanda said...

Olá BlueVelvet!

Ainda estás nas trocas?
Sabes que me aconteceu algo de semelhante???
Quando eu virei loira, um colega do meu marido disse-lhe : - Olha lá, eu vi-te com uma loira, depois andas armado em santo! :)))))
Primeiro que ele se convencesse ....

Beijinhos

Filoxera said...

:-)
Um beijo.

Grace Olsson said...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk