20 September 2008

ENTRE NÓS


Entre portas
Entre a porta da sala, encostada à porta da cozinha.
Acabas por revelar, muito indirectamente, o que há muito te andava a avisar... não se manda nele, não se comanda, não se desliga o botão, não se evita... ou melhor, pode-se evitar durante uns tempos, dar-lhe outros nomes para no intímo não assumirmos o que se passa, mas mais cedo ou mais tarde ele fala mais alto que a razão, a lógica que pensamos querer...
Um cigarro para relaxar, acalmar o cérebro.
Entre janelas.
Não vais admitir nunca, isso iria completamente contra a tua personalidade fria, distante e avessa a romantismos. Mas tal como disseste ontem, e sem saber estavas a dar-me razão, nós adaptamo-nos, somos mais flexíveis e surpreendemo-nos a nós mesmas com atitutes e palavras que julgávamos nunca ser capazes de fazer ou dizer...
Entre linhas.
Tentaste virar a conversa, fugir para não admitir... não era o admitir perante mim, tu sabes que eu sei, acho que soube primeiro que tu, era não admitir para ti mesma... Admitir que te adaptaste, admitir que gostas do que sentes, gostas do diferente, do novo, da emoção, da loucura, do pseudo que não é pseudo, e sentes falta quando não está, deixou de ser vício para ser desejo, vontade de estar, de ter... a isso eu chamo paixão, e apaixonada?
Entre nós.
Estás sim senhora...

Adenda: Pelos comentários deixados, já percebi que este post levou a que pensassem que é um estado de alma meu. Não é. Não estou apaixonada e se estivesse também não o poria aqui. Foi só um texto que me saíu, fruto de uma conversa com uma amiga.
Beijinhos para todos

27 nhận xét :

Peter Pan said...

Maravilhosa Amiga:
Sabe sempre bem desabafar.
Assuntos íntimos. Pessoais. Que causam dor.
Paixão entre paixões. Sonhos incompletos. Distantes. Frios. De sofrimentos perante uma enorme falta de insensibilidade.
Fez bem e eu admiro-a.
Como está escrito na primeira pessoal do singular presumo e tiro conclusões só para mim que guardarei sigilosamente no meu sentir e ser.
OBRIGADO pelo gesto corajoso da partilha. Sinceridade. Honestidade. Veracidade.
Sim! Adorei.
Beijinhos de compreensão, fascínio e gratidão.
Com respeito, estima e muita admiração.

p.pan

Vekiki said...

Bonito texto.Bom fim de semana, sem sol...chiuf...chiuf...

Pitanga Doce said...

E fui eu a primeira?
Ó meus amigos vejo coraçõezinhos no ar como nos desenhos da Betty Boop! Deixa-me ver os teus olhos, que eles não enganam. Manda-me uma foto só dos olhos. hehehe

bom fim de semana em boa companhia.

xico man said...

Adorei!!
Bj

BC said...

Embora não esteja dentro de assuntos ou das vidas pessoais de ninguém, salvo uma ou outra excepção, não era agora que me iria intrometer mas de qualquer forma quero dizer-te que deves ser uma pessoa muito frontal, que encara as coisas bem de frente assim me parece, e isso é muito bom.
Bom fim de senmana para ti
BJS

BlueVelvet said...

Peter Pan
porque será que embora seja a 1ª vez que por aqui passa, eu acho que o conheço:))??
Já esclareci lá no post, que não tem nada a ver comigo.
Foi um texto q surgiu de uma conversaa com uma amiga.
Veludinhos azuis

BlueVelvet said...

Vekik,
bom fim-de-semana também para ti.
Aqui está sol:)
Beijinhos

BlueVelvet said...

Pitanguinha,
não é nada disso, marota.
Antes fosse.É tão bom estar apaixonado...
Bom fim-de-semana para ti

BlueVelvet said...

Xico man,
eu tb, meu.
Beijokas

BlueVelvet said...

BC,
este texto é um mero exercício literário ( ou pretende ser).
Não há ali nada de pessoal em relação a mim :))
Bom fim -de-semana e beijinhos tribais

Sunshine said...

Olá!
Durante muito tempo pensei que a paixão só nasce se quisermos e que o amor só termina por falta de vontade em o manter... hoje não sei. Quem manda, cérebro ou coração?
É-me muito difícil admitir sentimentos que vão contra a minha razão.
Beijinhos com raios de Sol
P.S. Já tinha agendado Mamma Mia para a minha próxima "folga", adorei o teu texto "Injustiças", e concordo é bem mais fácil chorar pelas injustiças que se comentem à distância do que fazer algo para terminar com as que são cometidas bem debaixo dos nossos olhos.

Marta said...

As coisas acontecem simplesmente...
Quando têm que acontecer...
Muitas vezes, perdem-se, porque se está ansiosa demais....
Obrigada pela visita - a mesa está sempre pronta para o chá, a porta aberta para receber os amigos...
Beijos e abraços
Saudações tribais...
Marta

P.S.: Quanto à barra lateral, o problema é exactamente esse - o blog é da versão antiga; embora o template seja actual, apenas me limitei a apagar os códigos e a colar os novos.

Patti said...

Quem manda mesmo no coração? Nós? A cabeça? O próprio coração?
Acho que nada nem ninguém.
É mesmo tempo perdido mandarmos nele.

Storinha said...

Ola! Em primeiro lugar agradeço a visita e o comentario no meu cantinho...
Aproveitei e vim ver o teu; gostei muito, parabéns.
Posso adicionar na minha lista?

Beijinhos tribais

Mar Arável said...

Nunca se arrependa

amanhã é sempre tarde

para sonhar

BlueVelvet said...

Sunshine,
que bom ver-te por aqui.
Coração ou razão? That's the question...
Beijinhos e bom domingo

BlueVelvet said...

Storinha,
obrigada e bem vinda.
Beijinhos tribais e bom domingo

BlueVelvet said...

Mar Arável,
é verdade.
Até há quem diga: tomorrow never comes!
Veludinhos azuis

BlueVelvet said...

Marta,
obrigada.
E logo eu que passo o dia a beber chá.
Já te enviei a forma de pores os prémios na lateral. Espero que consigas.
beijinhos tribais e bom domingo

BlueVelvet said...

Patti,
é mesmo.
O melhor é esquecer e ir onde o coração nos leva.
Bom domingo

Sandra Daniela said...

Os sintomas... é paixão, sim! Muitas são as vezes que a pessoa apaixonada, leva tempo até perceber que o está!! beijinho e bom fim de semana!!!!

f@ said...

Entre a porta da sala encostada à porta da cozinha... foi assim... mandaste -o entrar!...
Um cigarro para relaxar... entre janelas.... que jogo!... de rato e gato...DO CORAÇÃO COM A CABEÇA CLARO!... LOL..
Beijinhos das nuvens

Antonio saramago said...

E se estivesses apaixonada?
Haveria algum mal nisso?
BOM DOMINGO!!!

jasmimdomeuquintal said...

Olá
vim apenas deixar-te um beijinho e desejar-te tudo de bom. Este foi o 1º domingo que fiquei em casa desde à muito.
Vou sair
Até qualquer dia. Sempre que puder venho visitar-te.
Dias harmoniosos e de felicidade para ti.

Oliver Pickwick said...

Fácil de resolver. É só não se apaixonar por alguém sem nenhum sentimento de romantismo.
Um beijo!

Filoxera said...

Já me tinha apercebido...
Beijos.

Paula Crespo said...

Na 1ª ou na 3ª pessoa, não interessa. Fica o sentir. Sempre bonito, sempre perigoso, sempre ousado. Sempre vivo. Feliz, quando viaja nos dois sentidos...
Bjs