28 September 2008

MR.BLUE EYES


Há pessoas que, não sei porquê, acho que nunca vão morrer, e depois quando acontece fico com um sentimento de incredulidade que mesmo a mim me espanta.
Não sei explicar porquê.
Este ano tem sido fértil em desaparecimentos que dóiem. Porque além de tudo, os que se foram tinham algo de magia e beleza.
Agora foi Paul Newman. Não sendo da minha geração, gostava tanto dele que vi os filmes actuais e os antigos.
Ele era a prova viva que Hollywood não tem necessariamente de ser uma coisa má. Com gente má, drogas, promiscuidade e tantas outras coisas de que nem desconfiamos.
Talentoso, lindo, charmoso, solidário, com um casamento de décadas, excelente pai, era um Senhor.
Robert Redford grande amigo dele, disse:
-Há alturas na vida, em que não existem palavras para exprimirmos os nossos sentimentos.

Paul Newman's quotation em 2002:
"I used to make three pictures a year, and now I make a picture every three years. Things change. There have been a lot of good things out there, but they weren't the kind of pictures that I wanted to make. I didn't want to do pictures about explosions. I don't want to do pictures about shattered glass and broken bodies and blood. That just doesn't interest me."

Mais uma vez me rendo, sob protesto, à inevitabilidade da morte.

16 nhận xét :

Patti said...

Já foi o Brando e agora ele. Só falta o Redford.
Que agonia.

Lia said...

«Porque a morte é certa e a hora da sua chegada desconhecida!»
Um Senhor!..Que esteja no caminho da iluminação.
Bom domingo.

Jotabê said...

De alguma forma Paul Newman é imortal. Nos filmes que protagonizou, que estarão sempre ali para o recordar.

Gostava dele.

:(
:|


bj

Justine said...

Sim, era um homem belo por fora e por dentro, e estes homens deviam ser eternos...

Vekiki said...

Velvet, também fiquei abananada quando soube do desaparecimento deste Senhor, Lindo.
Bjs

Pitanga Doce said...

Concordo contigo. Newman ainda foi de uma geração de astros que brilharam por seu talento e atitudes e não por escândalos ao serem apanhados em delitos.
E ainda , só para exagerar o que já era bom, era lindo!

bom domingo, Bluevelvet.

Maria said...

Foi um excelente actor, e os seus filmes ficarão para o continuarmos a ver.
Como Homem era um ser solidário e inconformado. Por isso marcou a diferença...

Um beijo azul

Luís Galego said...

gata em telhado de zinco quente...interpretação brilhante...não me canso de rever...

1/4 de Fada said...

Expressas exactamente o que eu sinto.

JC said...

Foi um excelente actor e os seus filmes ficarão para a eternidade. Quanto à morte, não escolhe dia, hora ou idade. Acontece.
Beijinhos

f@ said...

As palavras... são parcas de sentido nestas alturas...
Ele fica sempre é daqueles que são imortais...
beijinhos das nuvens

Fátima André said...

Ninguém morrerá no coração daqueles que nos querem muito bem!
Uma boa semana para ti.
Beijinhos e Sorrisos Tribais repletos de energia e perseverança :))

Contagem decrescente ... 5 suaves dias. Vamos pinta-los com as cores do arco-íris para estarmos lindas no nosso encontro :)

Filoxera said...

Sabes, a frase com que concluis o post é certeira, subscrevo-a em absoluto. Infelizmente, é assim...
Beijos.

Leonor said...

Era sem sombra de dúvida um Senhor. honesto, preocupado com os outros, clarameente a viver num mundo que já não era o seu.

Gostei particularmente da filha dizer que em sua memória podiamos olhar para os outros, fazer um donativo, etc

penso, de facto, que era a sua maneira de estar na vida

veludinhos

João Videira Santos said...

Passei a juventude a ouvir as amigas a gabarem o homem e o azul dos olhos, agora, tristemente, vejo-o partir para o infinito azul...Dele ficam excelentes filmes e as posições que o homem, frontalmente, assumiu contra as descriminações.

ematejoca said...

Li o comentário da Patti. Ai, ai, meu Deus, que me zango! O Robert é muito mais novo.

Blue Velvet levei a "quotation" do Paul para o blogue onde escrevo em ingles.

Saudacoes outonais!