23 September 2008

OUTONO EM OUTRAS PARAGENS


Não sou mulher de meias tintas. De coisas mornas. De amorzinhos. De coisas assim assim. Gosto de países tropicais com muito calor ou de grandes nevões. Gosto de cores vivas, fortes ou de branco. Não sei gostar poucochinho, ou gosto muito ou não gosto nada.
Por isso não gosto do Outono.
É uma estação que fica no meio. No meio do Verão e do Inverno. Não se sabe o que vestir. Faz calor de dia e frio à noite. Não é nem deixa de ser. É como aqueles homens indecisos que não sabem se optam pela mulher ou pela amante, e no entretanto enganam as duas.

E aquela conexão com o Outono da vida, coisa mais deprimente e triste. E aquela história de que todas as estações têm a sua beleza como todas as idades, para mim é conversa para boi dormir.
E boi não precisa de conversa para dormir.
Tal como eu.
E as folhas caídas. Como podem ser as folhas caídas bonitas, se deixam as àrvores nuas, despidas, tristes. Por alguma razão lhes chamam folhas mortas.
Mas há um sítio, onde o Outono tem uma coisa que adoro. É um período de tempo curto, que leva centenas de turistas ao local para verem tão belo espectáculo ( Fall Leaf Peeping ). É realmente de tirar a respiração de tão belo que é.
Na região da Nova Inglaterra, há um espacinho de tempo, normalmente desde o princípio do Outono até ao Thanksgiving, em que todas as folhas das àrvores mudam de verde para um laranja encarniçado. Uma côr quente e linda, que em grandes extensões nos permite observar uma paisagem maravilhosa.
Não dura muito até que se tornem castanhas e depois caiam, para dar lugar ao Inverno.
É assim como se a própria natureza tivesse o seu canto do cisne.
Ah como eu tenho saudades dessas àrvores e desses Outonos que me reconciliavam um pouco com a inevitabilidade do tempo que passa.

37 nhận xét :

Sorrisos em Alta said...

Mas olha que com o frio do Outono, devias usar umas meias, para aquecer esses pezinhos.
Podem não ser meias tintas, que sejam de lã, ou outra coisa qualquer, mas tu não adoeças, miúda!
;o)

Beijinho

Sorrisos em Alta said...

Agora mais a sério: tu não nos estragues o "barato", a nós", tarados!
Queremos árvores nuas!
Queremos árvores nuas!
Queremos árvores nuas!

Patti said...

Olha que bom, que vou discordar de ti.
Ahahahhaha, nada mais errado. Meias tintas, coisas mornas? Folhas mortas?
Nada disso, menina Velvet.
É renovação e a palavra de ordem, é a generosidade desta estação intermédia, que vem trocar aquilo que outra estação arrogante e vaidosa queimou, para dar novamente oportunidade à vida lá pela primavera, a estação mãe.
É estação com personalidade onde a natureza tem características e brilho próprios e únicos e não se deixa ofuscar pelo brilho egoísta do sol da estação anterior, que não deixa ver nada, a não ser a ele próprio!

Quanto às folhas encarnadas e laranjas em Portugal, que a menina não vê, olhe que isso é mesmo má vontade em relação ao meu Outono. Quando elas começarem a rebentar por aqui, bem pertinho da minha casa, eu envio-lhe umas fotos.

Para ti é uma estação do “não é nem deixa ser”, para mim é a estação que distingue os optimistas dos pessimistas, que destaca os inseguros dos firmes. Eu no Outono sinto-me plena, em defeitos e qualidades. Inteira.

E já agora, deixe-se lá de lamúrias e prepare os seus chazinhos, porque ele há lá melhor altura para os tomar com bolachinhas de manteiga, que esta?
Catch you!
Bjs :):):)

samuel said...

é lindo! é , Blue!!!
também tenho saudadesss...
terei conseguido :)?...
beijocasssssss
vovó Maria

sagitario said...

e faz muito bem,
a vida é para ser vivida o melhor que se pode, mas os contrastes são das coisas mais interessantes.

A Mãe Natureza deu-nos coisas maravilhosas e se nós as souber-mos apreciar é o melhor que levamos desta vida.
um abraço

Cecília said...

Deixei um comentário na sua vizinha Patti, que se pode transportar, tim-tim por tim-tim para este post....

P.S. As imagens são magníficas e só elas, de facto, para nos fazer gostar um bocadinho desta estação

Pitanga Doce said...

Sabes o que penso quando vejo essas folhas em tons avermelhados desiguais? Eu queria ter um vestido assim. hehehehehehe

beijos (por aqui) Primaveris

Filoxera said...

Também não sou apreciadora do Outono, mas adoro as folhas de plátano. Recolho algumas para as alisra e guardar.
Beijos.

Patti said...

Ahahahahahha, oh meu Deus, este Sorrisos é o máximo!!!!!!!!

Marta said...

Olá, gosto do Outono - renovo projectos, começo novos...
Não me importo com o frio; durmo melhor...
Mas compreendo-te....
Belas imagens....
Beijos e abraços
Marta

f@ said...

Agora é que a Patti te deu uma lição e pêras ... que nem gingas!...
Tu não gostas de Outono deve ser alguma embiração tua com o Tono do final da estação... Lembrei-me daquela história de viagem que me contaste... do tal Sr.Tono ... lol...

Agora a sério,... Que o Outono sucede ao Verão e antecede o Inverno... esperas + um pouco e voltam as andorinhas, e, enquanto colhes flores e sorrisos chega de novo o Verão... e sempre assim num círculo como a vida...
Como sou mto volúvel adoro mudança ...
Neste caso é sempre novo quando uma estação se abre lenta ou bruscamente e se faz anunciar ... no amarelar das folhas a esvoaçar das árvores como pássaros que acordam do vento nos galhos e (derr)amam ternura e poisam depois sobre as ruas e janelas...
E já viste bem as cores do Outono no Douro (no Pinhão) .. as cores da saudade das uvas... as ideias do vinho... inspira-te...
beijinhos das nuvens

Letraletra said...

Olá Velvet!
Consegui finalmente ler o post de hj! O meu computador esteve armado em parvo todo o dia e não conseguia entrar aqui...
Quanto ao Outono, é uma estação de que gosto. Apesar de eu ser Verão dependente, do sol, do mar, dos dias sem fim, o Outono encanta-me pela luz, pelas folhas que caem e deixam as ruas cobertas, pelo sol morno.
Para acabar, estou com a Patti - combinar chá e bolachinhas seria uma execelente ideia p'ra celebrar o Outono!
Bjs

Antonio saramago said...

Viva o OUTONO...vENHAM AS CASTANHAS, VENHA O FRESQUINHO DE EU TANTO GÓSTO!!!

mjf said...

Olá!
Eu gosto do Outono...até porque é a estação ( o mês de outubro) em que tiro Fériaaaaasss ;=)
eheheheheh


Beijicas

Carlos Barbosa de Oliveira said...

Isto pela blogosfera anda muito outonal,hoje. Já expressei a minha opinião em vários bogs, mas só aqui encontrei um post qu vai de encontro ao que sinto em relação ao outono. Embora goste das cores de fim de trade nos dias de sol, na generalidade o outono desagrada-me. Não tenho a visão idílica da Patti, porque vejo o outono como um anúncio de morte e não de regeneração.

BlueVelvet said...

Sorrisos,
tu és demais.
Eu aqueço os pézinhos com outras coisas:)))
Beijokas

BlueVelvet said...

Patti,
LOL.
Estava a escrever o texto e a pensar:
Hehe, amanhã tenho aqui a Patti a defender o Outono dela.
E não me enganei.
E defendeste muito bem, mas...há sempre um mas... Madame esqueceu-se que se meteu com uma advogada ( hehe)
Aquilo que Madame chama de qualidades do Outono, são atenuantes.
Atenuantes, pois claro:
Ora diz-me lá: sem castanhas, sem lareira,sem cházinho e bolachinhas de manteiga, restava o quê? Nadica de nada.
Só folhas mortas.
Serious mode:
Eu entendo-te.
Para já, porque, naturalmente cada um tem os seus gostos.
Mas entendo-te sobretudo por dizeres que o Outono é uma estação para os fortes e os optimistas. O que pressupõe mesmo para ti, que o Outono é deprimente, excepto, para quem gosta dele como tu.
E gostei muito da forma como defines a Primavera, que não sendo a minha preferida não me entristece como o Outono, claro.
Quanto às plimgrafias, agradeço muito que mas mostres, mas agradecia mais se me dissesses onde posso vê-las ao vivo, para recordar tempos mais felizes.
E sabes?
Adoro estas discussões sadias, àcerca de gostos.
E de tudo.
Nada como trocar ideias e opiniões. Aprende-se sempre.
beijinhos outonais

BlueVelvet said...

Vóvó Maria,
que bom ver-te por aqui.
Então também já viste:))
E conseguiste, sim.
Beijinhos

Patti said...

Credo! Até já tenho o meu Outono em tribunal com advogados e tudo! E com direito a uma resposta que já parece um Acordão.
Tem paciência: não foi deferido!

(brincadeira, claro)

Carminda Pinho said...

Concordo contigo Blue. O Outono o que tem de bonito, são mesmo as cores quentes das folhas das àrvores, antes de cairem.

Não gosto do Outono. Pronto!

Beijos

FM said...

Ficam-te bem as "meias tintas"... (risos)

Sol da meia noite said...

Minha amiga, entendo este texto como uma revelação de ti... só o Tudo e o Nada em ti fazem sentido.

Saudades tuas lá pelo meu cantinho... :-(

Beijinho *

BlueVelvet said...

Sagitário,
tem razão. A Natureza é fantástica, mas nem toda é alegre.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Cecília,
pois é, temos que arranjar desculpas para gostar do Outono:))
Beijinhos

BlueVelvet said...

Pintaga,
queres um vestido côr de Outono?
Mas dos vermelhos, não é? Não tens cara de castanhos.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Filoxera,
não tens feitio de Outono.
Irrequieta como és:)
Beijinhos amiga

BlueVelvet said...

Patti,
andas a espiar os meus omentadores?
E já viste que ele quer tudo nu, até as àrvores.
Grande ponto.
Beijokas

BlueVelvet said...

Marta,
ainda bem que me compreendes.
Fico mais animadita.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Fa,
ah ficas do lado da Patti.
Tá bem, tá. Qual Tono qual carapuça. E queres ver que tenho que me mudar para o Pinhão no Outono? Está bem, se for para o Hotel Vintage, até nem me importo.
Ai, do que me foste lembrar.
Beijinhos e veludinhos azuis

BlueVelvet said...

Letraaletra,
é uma excelente ideia.
Para não falar nas castanhas, que adoro.
Volte sempre.
Veludinhos azuis

BlueVelvet said...

António,
olha outro fã do Outono:))
Castanhas também gosto.
Veludinhos azuis

BlueVelvet said...

MJF,
ora aí está uma razão válida.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Carlos,
exactamente.
Disse-o melhor que eu.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Patti,
tu por aqui outra vez:))
Ah queres guerra?
Queres ver que recorro para o Supremo e com o tempo que levam ficas 2 anos sem Outono rsrsrsrsrs
beijokas outonais

BlueVelvet said...

Carminda,
ora nem mais.
Também eu não, pronto.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Francisco,
tu não sejas malandro:))
Tu comporta-te que és um senhor de respeito.
Olha que estás quase a ser pai.
Muitos beijinhos e tudo de bom nessa hora

BlueVelvet said...

Sol,
tens toda a razão: comigo é Tudo ou Nada.
Beijinhos amiga