20 December 2008

ESCOLHAS


Está quase a fazer anos. Foi na véspera de Natal.
Tinha ele então 2 anos. Eu, atrasada, ainda tinha que tomar banho, retirar o cheiro da fritura dos sonhos que ficaram fofos e lindos mas que me deixaram pestilenta, vestir-me, acender as velas da casa toda e esperar a família.
Isto sem deixar as batatas desfazerem-se, o bacalhau secar e garantir que as couves ficavam bem cozidinhas como todos gostam.
- Ah, não me posso esquecer que tenho vinho tinto perto da lareira senão ainda ferve. E o vinho branco estará bem fresco? Espero que o gelo chegue.
O mais velho, já pronto, rondava a àrvore de Natal tentando descortinar por que buraco invisível o Pai Natal chegaria.
Eu já sem paciência:
- Guigas, prefere tomar banho ou ficar de castigo?
Ao que ele me respondeu: eu plefilo um txupatxupa!
Já que era para escolher...
Sentei-me na borda da banheira. Despi o corpinho roliço de pele macia e cheiro a bébé e enfiei-o dentro de àgua no meio da maior risota.
A seguir entrei eu.
Já que era para escolher...
Então escolhi um delicioso banho a dois, com àgua saltando por todos os lados, cócegas e gargalhadas.
Só quando ouvi a vozinha do irmão dizendo:
- eu também quero - me apercebi que estava a resvalar perigosamente para a loucura total.
Quando a família começou a chegar estávamos todos prontos, aperaltados e cheirosos.
Só os meus cabelos molhados, sem sombra do que fora uma mise denunciavam a escolha.

14 nhận xét :

Si said...

Tenho saudades desses momentos em que mãe e filha estavam ao mesmo nível, sentadas dentro da banheira, com água quente pela cintura e demoravam a sair, tanto, que a água começava a arrefecer, e já era com pele de galinha que se agasalhavam nos toalhões de banho.
Só eu e ela.....mais os 350 brinquedos que ela trazia atrás, incluindo um balde da praia, que fazia as vezes de chuveiro!!!
Beijinhos!!

salvoconduto said...

Que seria deste mundo sem estas doces lembranças...

1/4 de Fada said...

Ah, que lembranças tão boas... comigo era mais uma "ménage à trois", não sei se me entendes!
Sabes do que me lembrei? Do que dizem de nós portugueses, que somos os únicos que nos alimentamos de sonhos e de suspiros...

vovó said...

grandes escolhas, Blue!!!
fizeste-me recordar as minhas :)... assim :)!!!...
beijocassss
vovó Maria

MentesSueltas said...

Hola, pasaba a saludarte y desearte lo mejor en estas fechas tan especiales.

Te abrazo
MentesSueltas

sagitario said...

olá velvet,
como é bom ler as suas lembranças, são realmente as coisas boas da vida, mas quando for avó vai repetir todos esses momentos e com mais tranquilidade, pode crer que tenho razão, pois estou nessa fase e adoro.
UM BOM NATAL PARA SI E PARA TODAS AS PESSOAS QUE AMA E A AMAM

kakauzinha said...

Adorei este teu "back to memory lane" e recordei também os corpinhos macios das minhas duendes, os vestidos cor-de-rosa, os lacinhos nos cabelos, perfumadas e lindas, muito minhas, os ahs! e os ohs! no dia 25 ao entrarem na sala. Agora revivo estas maravilhas com a minha pequenina duende, faltando apenas dois dias para sentir aquele abracinho e o som daquela vozinha suave ao meu ouvido "vovó Kakau!"

Tu fazias os sonhos? Dou-te já um prémio! Eu, preguiçosa, comprava-os na Suprema mas também é verdade que brindava todos com a minha mousse de chocolate e o gelado quente e frio, os melhores do país (ai a tosse).

Os sapatos na tola do Bush, ninguém se vai esquecer, hilariante!

A tua cartinha ao Pai Natal, subscrevo-a já, até porque o hómi me deve tudo o que lhe pedi no ano passado. Pedi-lhe um Porsche Cayenne e um RR, além de outras "pequenas coisinhas", e nada, um forreta do caraças!

Desejo para ti: que vivas o Natal com muito amor e que quando soarem as badaladas do novo ano te banhes em champanhe de alegria.

Beijinhos muito azuis:)**

Ovinho Estrelado said...

E foi uma óptima escolha.
Momentos ternos, loucos e bem fofos que ficam para sempre na memória de todos.

Eu também sou de escolher a qualidade dos momentos que surjam, mesmo que inoportunamente! Quero lá saber!

Beijo e se não nos cruzarmos antes, desejos de um Natal Santo!

Pitanga Doce said...

Escolha perfeita, Blue! Eu nunca vivi um momento assim de banhos a não ser na piscina mas quando era Noite de Natal, primeiro deixava-o arrumadinho à espera (os dois não foram crianças ao mesmo tempo, têm doze anos de diferença) e depois saímos para a casa de minha mãe.

Havia uma magia no ar! Era como se o Menino Jesus morasse conosco!


beijos e obrigada pelo mail e tens recado no hi5

BC said...

Já lá vai o tempo das boas banhocas, cá em casa também a três, de contrário havia birras e choradeiras, o que vale é que a Mia veio mais tarde e aí já não cabíamos todos na banheira e os outros já tinham crescido um pouco.
O pior era a limpeza, porque a águinha saía quase toda da banheira com tanta brincadeira, e os barcos e os action mans...por aí.
Mas era delicioso!!!!
Feliz Natal, com todas as prendinhas a que temos direito.
Beijos
Isabel

Carlos Barbosa de Oliveira said...

É bom ler essas recordações.
Festas Felizes1

Filoxera said...

Lindo!
Maravilha, estou a sorrir de lés a lés.
Beijos.

Maria said...

:) :) :) :) :) :) :) :) :) :)

Beijos vermelhos, porque é natal

Patti said...

São óptimas estas escolhas repentinas e inesperadas.
Ficam para sempre e a recordação faz-se sempre com um enorme sorriso.
Que as guardes para sempre Blue Velvet, com mise e sem ela!