11 December 2008

O PINHEIRO DE NATAL


São muitas as lendas que se contam sobre a origem da àrvore de Natal. No entanto, a história de que mais gosto é a que conta porquê que é o pinheiro a àrvore que se ornamenta no Natal.
Costumava contá-la aos meus filhos e deixo-a aqui para todos.
Quando Jesus nasceu, bem próximo ao presépio havia 3 árvores: uma palmeira, uma oliveira e um pinheiro.
Nesta época os animais falavam e as plantas também embora os Homens não compreendessem suas linguagens.
Conversavam sobre os presente que dariam ao Menino Jesus, e a palmeira disse:
- Eu darei a minha palma mais viçosa para que sua Mãe O proteja do sol forte!
- A oliveira que estava carregada de frutos - as azeitonas- completou :
- Eu oferecerei os meus frutos e o meu azeite para a Criancinha.
E voltaram-se as duas para o pinheirinho perguntando-lhe:
- E você ? O que irá ofertar ?
O pinheirinho muito quieto pensava no que teria de especial para ofertar ao Menino, quando a palmeira se lhe dirigiu e disse:
- As suas folhas são pontiagudas e podem ferir a Criança!
A oliveira por sua vez disse:
- E os seus frutos? São secos e duros...E concluiram:
- Que pena ! Você nada tem de especial para presentear.
O pinheiro ficou muito triste e silencioso.
- É verdade, pensou. Todos trouxeram presentes para esta Criança: os pastores -lã, leite e até um pequeno carneirinho ! Os reis - ouro , incenso e mirra ! Até a palmeira e a oliveira puderam oferecer algo de si, só eu não tenho como alegrar a Criancinha.
Nesse momento as estrelas que cintilavam lá no alto do céu e que tinham escutado toda a conversa entre as árvores, começaram a descer bem devagarinho e foram pousando delicadamente nos ramos verdes do pinheiro que foi se iluminando e ficando cada vez mais bonito.
Todos se admiraram e se voltaram para ele e lá da manjedoura os olhinhos do Menino Jesus encheram-se de brilho e alegria.
E foi assim que o singelo pinheiro se tornou a árvore do Natal, e todos os anos nesta época as pessoas o enfeitam e o enchem de luzes.



Reza ainda a tradição que na àrvore de Natal devem existir os seguintes 12 ornamentos:
1 Casinha: protecção
1 Coelho: esperança
1 Chávena: hospitalidade
1 Pássaro: alegria
1 Rosa: afeição
1 Cesta de frutas: generosidade
1 Peixe: benção de Cristo
1 Pinha: fartura
1 Papai Noel: bondade
1 Cesta de flores: bons desejos
1 Coração: amor verdadeiro
Embora seja católica, estudo e sigo muita coisa das teorias orientais que têm a ver com o Feng-Shui.
Segundo estas há mais coisas curiosas relacionadas com a àrvore de Natal.
Tipo de Árvore: também é usado um pinheiro, mas porque esta árvore representa a energia luminosa da Era de Aquárius. O pinheiro é, na verdade, o símbolo da Era Aquariana.
Localização da Árvore: deve ser colocada no centro da sala ou a leste, onde o Sol nasce.
Como Enfeitar a Árvore: Sempre de cima para baixo, respeitando as forças descendentes do Espírito Divino que vêm para nos abençoar aqui no plano físico.
No Topo da Árvore: Deve ser colocada uma estrela. Não deixa de ser curioso que em qualquer dos casos se fala na estrela. Num, como sendo a estrela de Belém, no outro como a nossa Estrela Interior que deve guiar-nos peregrinação da vida.
Dizem que NUNCA se deve pôr a estrela de cabeça para baixo.
Os Enfeites: Os enfeites alegorizam virtudes, poderes e forças espirituais que devem triunfar dentro de nós e também dentro da casa onde está a Árvore.
Os principais enfeites-símbolos no Feng-Shui são:
3 Sininhos
: simbolizam a Santíssima Trindade ou as três Forças Primárias do Cosmos;
7 Anjinhos, 12 bolas, 7 bengalinhas.
E mais não conto senão chamam-me maluca.

13 nhận xét :

salvoconduto said...

Por muita bondade minha não entendo o que está a fazer o Papai Noel na árvore... será para comer o coelhinho?

Abreijos.

pedro oliveira said...

As coisas que nos ensinas.Muito bom.
bjs
PO
vilaforte

Tretoso Mor said...

Veludinho,

dsconhecia a lenda e as regras de ornamentação.

Acho que faltam apenas os docinhos, sejam de chcolate ou doces de ovos.... LOL

Tretices azulinhas para ti

Carlos Barbosa de Oliveira said...

Quando era miúdo a minha Mâe contou-me o significado dos enfeites de Natal e explicou-me a sua origem pagã. Ela é profundamente católica e apenas decorava a árvore para nos ver felizes e, todos os anos dizia que esse seria o último.
Quanto ao Feng- Shui, havemos de trocar umas ideia sobre o assunto... Sabe que nenhum chinês se arrisca a abrir um negócio sem antes analisar o Feng-Shui? E quando compram casas, esse é também uma vertente muito importante...

Si said...

E eu que ainda não fiz a minha árvore! Ainda bem, porque assim tenho tempo de comprar os enfeites adequados.
Vou imprimir o post e levar a lista para não me esquecer de nada...
rsrrsr
Beijinhos

mjf said...

Olá!
Interessante...gostei se saber ;=)
Obrigada


Beijocas

Patti said...

É tão giro saber estas curiosidades, obrigada por as teres postado, durante estes dais.

A minha versão do pinheiro de Natal é a do Martinho Lutero, que quando se passeava pelas ruas da Alemanha, terá ficado encantado com o brilho das estrelas e das luzes nos pinheiros e resolveu levar um para casa e enchê-lo de luzes de velas, representado assim as estrelas do céu.

Filoxera said...

Interessante...
No topo da minha está um coração.
Beijos.

Pena said...

Linda Amiga:
Uma história que desconhecia.
Ficou registada pelo seu encanto e beleza.
Feliz Natal para si e para os seus.
Maravilhado pelo enternecimento só seu.
Beijinhos de imenso respeito e estima.
Todo o bem do mundo para si.

pena

OBRIGADO pela ternura e carinho expressos no meu blog.
Bem-Haja, amiguinha.

BC said...

Bom as coisas que tu vais desencantar amiga, aprendemos umas coisas bem interessantes.

Não tenho aparecido todos os dias porque tenho andado super ocupada, nem imaginas, quanto.
Há alturas que aparece tudo ao mesmo tempo até consultas de rotina programadas há muito tempo, daquelas!!!
Beijo
Isabel

Maria Clarinda said...

Obrigada por partilhares tudo isto comigo...a minha só será feita para a semana...mas será com estas palavras tuas dentro de mim. Obrigada!

de dentro pra fora.... said...

As coisas que eu aprendo sempre que passo por cá :)

Beijinho, e já agora podias contar o resto fiquei curiosa, juro que não te chamo nada :)

1/4 de Fada said...

Que história tão bonita! Tomei nota dos enfeites obrigatórios para a árvore, nem imaginas como gosto deste género de rituais. Conheces de certeza as coisas que uma noiva tem que usar no dia do casamentos... pois eu, apesar de não ter tido vestido de noiva, nem cerimónia nem nada, fiz questão de seguir tudo à risca
Para o ano, quando a minha filha enfeitar a árvore, vai ter mais trabalho...