12 February 2009

AS APARÊNCIAS ILUDEM


Quase tudo na Natureza me fascina. Mesmo as coisas assustadoras. Posso ficar horas a olhar para o fogo ou para uma tempestade no mar. Numa trovoada o que me fascina são os relâmpagos quando cruzam o céu. E os icebergs, lindos, majestosos, brancos, imponentes!
O problema é que como não há almoços grátis, até a Natureza cobra.
O fogo consome, o mar invade, os relâmpagos matam e os icebergs mostram a sua beleza mas escondem a sua verdadeira dimensão.

20 nhận xét :

salvoconduto said...

A mais linda e aterradora trovoada vi-a no agora Zimbabué.

Imagens dessa natureza em fúria vêem-se agora na Austrália.

Patti said...

E como ela é muito mais antiga que nós, o Homem terá aprendido esses disfarces todos com ela.

Ovinho Estrela(do) said...

Hoje, no final da tarde, estive a metros do mar.
Pensei no quão espectaculares estavam as ondas revoltas, quase aos meus pés... E tão depressa pensei no quão devoradoras seriam se mais perto me apanhassem.
E se sorri pela beleza que me envolvia, depressa estremeci com o pavor...

Espero que estejas bem. Eu... Estou.

Beijo. *

Pitanga Doce said...

Também penso como tu. Gosto mais do mar bravio, do vento que assobia nos montes, da chuva que lava a calçada. Tudo faz a revolução da vida.

boa noite Bluevelvet

Carminda Pinho said...

Já dizia a minha avó Laura: - pois é, não há bela sem senão...:(

Beijos, Blue

vovó said...

lembro-me, de bem pequenina, quando havia tempestades ( açorianas), ficar à janela com o meu avô, a ver o fascínio dos relâmpagos a cruzarem o mar... enquanto ele ( avô) ia contando os segundos, até ao estourar do trovão...
beijocassssss

Miepeee said...

Continuo a preferir que a Natureza me iluda com espectaculos bonitos mas perigosos ao inves de pessoas, essas dispenso :)
Beijinho.

mjf said...

Olá!
Eu tenho pavor de trovoadas e relâmpagos....
mas do mar e das suas "travessuras", gosto ;=)
:=)

Beijocas

Gata2000 said...

É assim o mundo, na natureza como na vida, dá-se com uma mão, para se tirar com a outra! Beijinhos e miaus para ti minha linda!

pedro oliveira said...

Mostram o respeito que lhe devemos.

Justine said...

Só uma "pequena" observação: eu acho que há almoços grátis sim, tenho provas de que os há. Porque há amor generoso, porque há amizade incondicional.

sagitario said...

olá velvet.
este seu tema é muito interessante, realmente a Mãe Natureza, oferece-nos os espectáculos mais belos mesmo que aterradores para nós.
Pessoalmente já tive o previlégio de ver alguns e destaco uma trovoada mo mediterraneo que foi um sensação única ver um fogo cruzado provocado pelos relâmpagos e as ondas todas iluminadas pelo reflexo dos raios que caiem na água, é realmente assustador mas de uma beleza única, mas um vulcão em erupção e quando estamos a salvo é das imagens mais fantásticas que se pode assistir

su said...

Gosto realmente do que provoca a força da Natureza em mim própria na total admiração da sua manifestação...

Maria Clarinda said...

Acredita que estou a 1000% contigo. Como gosto de tudo o que descreves!
Jinhos

Si said...

A Terra é um organismo vivo. Tudo o que faz se resume em instinto de auto defesa e sobrevivência.
E será também, o expoente de um estado autocrático - a quem a respeita oferece espectáculos inesquecíveis, a quem a desafia mostra a sua força incalculável.
Teríamos muito a aprender com ela se a observássemos bem.

Luís Galego said...

O problema é que como não há almoços grátis, até a Natureza cobra.

uma máxima que não deixa de ser cruel, embora real.

Mar Arável said...

Mais belo

é conquistar o sol

em todas as estações

e pagar por isso

nem que seja em palavras

1/4 de Fada said...

Nunca me canso do mar e lembro-me bem das trovoadas de Angola, bem como das queimadas que duravam vários dias... mas é como tu dizes, os fenómenos mais belos são muitas vezes os mais perigosos - acho que é por iso mesmo que são tão atraentes.
Os teus últimos textos são lindos.

Filoxera said...

A lei das compensações?
Beijos.

f@ said...

Olá,

O lado de lá do belo... ou a resposta às maldades dos homens...

a beleza natural é indiscutível sem dúvida mas a natureza tem lá as suas fúrias...

Beijinhos das nuvens