1 June 2008

DIA DA CRIANÇA



Hoje não me apetece pôr aqui bonequinhos ou criancinhas loiras de olhos azuis.
Hoje quero lembrar as crianças que não têm DIA.
Aliás, nem têm VIDA.
E lembrar que a 20 de Novembro de 1959 foi assinada a Declaração Universal dos Direitos da Criança.
Para recordar a quem esqueceu.


1 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO À IGUALDADE, SEM DISTINÇÃO DE RAÇA RELIGIÃO OU NACIONALIDADE.

2 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO A ESPECIAL PROTECÇÃO PARA O SEU DESENVOLVIMENTO FÍSICO, MENTAL E SOCIAL.
3 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO A UM NOME E A UMA NACIONALIDADE.

4 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO A ALIMENTAÇÃO, MORADIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA ADEQUADAS PARA A CRIANÇA E A MÃE.

5 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO A EDUCAÇÃO E A CUIDADOS ESPECIAIS PARA A CRIANÇA FÍSICA OU MENTALMENTE DEFICIENTE.
6 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO AO AMOR E À COMPREENSÃO POR PARTE DOS PAIS E DA SOCIEDADE.

7 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO A EDUCAÇÃO GRATUITA E AO LAZER INFANTIL.

8 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO A SER SOCORRIDO EM PRIMEIRO LUGAR, EM CASO DE CATÁSTROFES.
9 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO A SER PROTEGIDA CONTRA O ABANDONO E A EXPLORAÇÃO NO TRABALHO.

10 TODA A CRIANÇA TEM DIREITO A CRESCER DENTRO DE UM ESPÍRITO DE SOLIDARIEDADE, COMPREENSÃO, AMIZADE E JUSTIÇA ENTRE OS POVOS.

Nota: O Dia da Criança não é comemorado em todo o Mundo no mesmo dia.
No Brasil é a 12 de Outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, na Índia a comemoração é feita no dia 15 de Novembro, na China e Japão dia 5 de Maio, na Turquia a 23 de Abril e em Portugal e Moçambique a 1 de Junho.
Entretanto, segundo a ONU, o Dia Universal da Criança é 20 de Novembro, quando se comemora a Declaração dos Direitos da Criança.

Interrogo-me do porquê desta diferenciação de comemorações, já que, julgo que todos os Dias Mundiais são-no no mesmo dia.
Porquê não o da criança?
Não é mundial?

17 nhận xét :

Enfim... said...

são realidades muito duras de encarar...á crianças que sofrem e sofrem muito, e muitos estao bem perto de nos...

Beijinhos

Patti said...

Olha Blue eu postei hoje também sem bon3quinhos.
Preferi falar do trabalho infantil.

Nunca é demais alertar e que estes dias comemorativos sirvam não só para as crianças felizes e amadas mas também sirva para as esquecidas.
Beijinho para ti.

Lisa's mau feitio said...

Isso depende da aceitação geral das Declarações. Assim, passam a celebrar o dia em que se "associam" aos "festejos", digamos assim.
Se bem que isso é completamente indiferente.

Também há muitas crianças loirinhas de olhos azuis sem Vida. Sem Dia. Por mais que pareça ser impossível tal coisa.

Lisa

vovó said...

Parabéns!
Por vezes (infelizmente) tem de ser assim... a fazer doer e sem bonequinhos...

Abreijos

Pena said...

Sensível e Linda Amiga:
Admiro-a, sabe porquê?
Não se esqueceu das CRIANÇAS que não têm "Dia".
Profunda manifestação do seu afecto e pureza linda sobre estas crianças iguais em deveres e direitos que deveríamos sentir e acarinhar.
Quanto sofrimento?
Quanta angústia?
Quanta dor?
E, há tantas espalhadas pelo Planeta. Abandonadas cobardemente. Injustiçadas de forma violenta e profunda.
Adorei este sentido Post! Pela lembrança. Pelo carinho que transmite. Por não esquecer o tão especial Dia.
Desconhecia a sua comemoração não ser no mesmo dia para todos os povos do Mundo.
Brilhante, amiga!
Beijinhos amigos.
Sempre a estimá-la e a respeitá-la.

pena

D.Antónia Ferreirinha said...

O meu post de hoje é também ele dedicado à criança.
:-)))))))

f@ said...

Lugar comum mas... o dia da criança devia ser todos os dias... de resto mto se fala sem nada se fazer, porque tirando a nossa boa vontade quem tudo pode nada faz... beijinhos das nuvens

Sunshine said...

Olá Blue!
Tentei colocar o meu comentário ao lado, sem sucesso.
Se é verdade que me preocupa existirem crianças que morrem de fome, ou que passam fome, que são maltratadas, a quem é negado o bem mais precioso: o amor, também me preocupa um outro tipo de violência, mais subtil, que é exercido nelas, com a anuência do poder político. Estou-me a referir às crianças que são despejadas em creches aos 4 meses (ou menos), que passam pouco tempo com os pais ( que dividem o seu tempo entre trabalho, transportes e tarefas domésticas, porque não têm alternativa)e que não criam os elos afectivos com a sua família. Elos estes tão importantes ao seu desenvolvimento harmonioso.
Beijinhos com raios de Sol

1/4 de Fada said...

Há tantas crianças com problemas tão graves por resolver e o mundo não consegue chegar a um acordo sobre uma questão tão simples como uma data... É significativo, não é?

conhecimento said...

Quem me dera ser ainda uma Criança!
Não vou comentar, venho sómente saúdar-te e dizer que a minha ausência se deve a estar de luto.
Que tudo corra bem para ti.

a casa da mariquinhas said...

Parabéns por esta postagem.
Também no meu blocg coloquei um post sobre o Dia Mundial da Criança que, como refere, não se celebra no mesmo dia em todos os países. De facto não se entende porquê. Deveria ser a 20 de Novembro, data da ratificação da lei, tornando-a universal. Mas, enfim, cada povo associa-o a algum outro festejo específico, e daí esta diversidade de datas.
De qualquer forma é sempre bom lembrar que os Direitos da Declaração são, muitas vezes, desrespeitados.
Beijos
Mariazita

Coragem said...

Parece que quase toda a blogosfera, postou sobre a criança e o seu dia.

É pena que muitos só o façam neste dia...

Loirinhas e de olhos azuis, nao faltam elas a morrer de fome, mas entendi.

Beijinho

Sunshine said...

Esqueci-me de dizer à pouco que há desafio lá no meu cantinho.
Beijinhos com raios de Sol e boa semana

Girafa cor de rosa said...

Olá amiga! Apesar de gostar mais da segunda imagem do que da primeira, concordo com o grande alerta e fico angustiada ao pensar em muita coisa má que acontece com tanta criança pelo mundo fora, e não é preciso ir muito longe...mas tb me quero lembrar dos muito sorrisos de muitas crinças e sorrir com elas tb! Bjs e boa semana.

Carminda Pinho said...

É isso. Todos os dias deviam ser dias da criança, especialmente das que sofrem.
Estivemos em sintonia, Blue.

Beijos

kakauzinha said...

As realidades são mesmo estas, mas também se vai construindo e agindo para solucionar. Eu continuo a ter esperança.

Beijinho azul(*)

Filoxera said...

Pois...
Nunca mais a teoria passa a prática, universal...
Beijos.