2 March 2008

PALAVRINHA HORROROSA QUASE ( FIM )


Tudo que dá
pra pensar
quase que dá
para ouvir,
tudo que dá
para ouvir
quase que
dá para ver,

TUDO QUE DÁ
PARA ver
quase que dá
pra pegar,
tudo o que
dá pra pegar
quase que
dá para ter,
tudo que
dá para ter
quase que dá
para dar.
E quase tudo dá.
Arnaldo Antunes

8 nhận xét :

Maria said...

Olá Blue
Estou tão cansada.........
... e tudo o que dá pra sonhar QUASE dá pra viver!!!!

Beijinhso

Ana said...

E quase NADA!!!
Adorei estes textos todos!
Como sempre é uma delícia passar por aqui assim no meio deste silêncio da noite e ler e reler com toda a calma,:)

Fica bem querida,beijinho doce,:)*

Um Momento said...

Ena ena...
O que dá andar ausente deste belo espaço...
Minha Doçura ,por isso gosto de vir aqui...
Nunca sei o que me espera , e quando te começo a ler...é sempre um belo presente:)))))))
Apanha este meu beijo de BOM DOMINGO!!!!

Ah e já agora...um abraço bem forte:)))

(*)

Olá!! said...

Quase....
Beijossssssssssssssss

su said...

Adoro Gerswhin...
De blog em blog, atrás do desafio Musical vim aqui ter...
Que cantinho delicioso e agradável. Parabéns.
Muito bem escolhido este poema. Não conhecia.

Beijinhos em fio aqui da Teia.

Sol da meia noite said...

Há palavrinhas e... palavrinhas...
Tem para todos os gostos e momentos. Mas no meio de tantas, às vezes custa encontrar as que precisamos...

Beijinhos, amiga

Vi Leardi said...

Só a música já seria uma viagem...
e ler...um sonho...

FM said...

É Blue, o quase faz, por vezes, uma grande diferença.
Beijos.