15 March 2008

FALANDO DE AFECTOS - PARA A LISA



Se repararem no primeiro post com este título, verão que digo lá que ia escrever 2 posts sobre os AFECTOS.
Ia. Mas agora são 3.
Quando escrevi o primeiro ainda não sabia que ia escrever o terceiro.
Confusos?
Eu explico:
Quem me lê há uns tempos sabe que vim parar à net pela mão de um amor. Que virou amigo.
Este blog nasceu de um afecto que morreu e tem-se alimentado de afectos.
Antes eu não percebia nada destas coisas da net.
Para ser sincera, ainda hoje percebo pouco. Quero dizer que sei procurar tudo o que me interessa, fazer buscas de imagens, de bonecos, já sei fazer muita coisa no meu blog, mas da NET propriamente dita não percebo é mesmo nada.
Senão, reparem:
Quando comecei este blog tinha as portas abertas de par em par.
Logo dois dias depois, um alguém muito estranho deixou-me um comentário, no qual se encontrava uma dedução fantástica: pela fotografia do blog eu devia ser uma grande "mamona" e a figura oferecia-se para me fazer montes de coisas que eu nunca tinha dado mostras de querer.
Mas há gente assim: gosta muito de dar coisas!
Muito atrapalhada, tratei de moderar os comentários, enquanto sibilinamente rosnava: Idiota!Não sei se já repararam que pus 2 pontos de exclamação seguidos.
Foi de propósito!
Comecei então uma postura a nível de comentários ou de blogs que visito, que ainda hoje mantenho:
Quando alguém de um blog que não conheço me comenta, vou a esse blog e agradeço a visita deixando, às vezes, um comentário. Se gosto volto, se não gosto, não volto.
Se quando abro o blog dou de caras com um blog pornográfico dou meia volta e venho-me embora.
Sempre defendi que as pessoas podem fazer o que querem, desde que não interfiram com a minha liberdade.
Ou seja, não gosto de pornografia, acho que só pessoas com desvios de comportamento ou sexuais gostam, mas como aparentemente, podem existir blogs desse tipo, só me resta sair de mansinho. Nem agradecimentos deixo e rejeito o comentário. ( Devo dizer que só me aconteceu uma vez).
Se vou parar a um blog com imagens de uma violência que dá náusea, faço exactamente a mesma coisa. ( Curiosamente, também só me aconteceu uma vez).
De resto, quer nos blogs que fazem parte do meu quotidiano quer nos que visito de novo, deixo um comentário concordando ou discordando, no tom que a intimidade que já tenho com quem o escreveu, me permite.
Sempre, naturalmente, de uma forma educada.
E porquê isto?
Porque tenho o direito de discordar. Mas tenho o dever de ser educada.
Mais ainda: se for algo que me choque ou com que discorde violentamente, ou nem comento, ou por mail ou pelo contacto que tenho com quem fez o post, falamos sobre o assunto.
Agora, alguém me explica, por favor, mas expliquem-me com laranjas, e como se eu tivesse 5 anos:
Porquê que alguém, que ainda por cima tem uma relação já de alguma amizade com o dono/a do blog, deixa comentários insultuosos e ordena que o seu blog seja retirado da lista dos blogs visitados, publicamente?
Só pode ser porque é uma pessoa sem educação, mal formada, que se acha o centro do mundo, e outras cositas más que me escusarei de enumerar aqui.
E por mais uma razão que, essa sim, referirei: porque na vida real também é assim. A vida virtual de uma pessoa é o espelho daquilo que ela é.
Porque mesmo quando, aparentemente, parece não ser assim, é-o na cabeça e deep down.
Por isso é que eu digo que a net não tem culpa de nada.
A net é o que as pessoas fazem dela.
A net, a mim, só me tem dado alegrias: ganhei alguns amigos reais, tenho amizades que vão saindo do virtual, carinhos, mimos, em suma, AFECTOS.
Por causa de uma atitude igual à que relatei acima, um blog de que muito gostava foi fechado.
E esse blog faz-me falta.
Desde a 1ª vez que o visitei que fiquei fã.
Era clean, divertido, sério, solidário, giro, interessante.
Estou danada.
Quem o escreve é uma pessoa doce, bem formada, delicada, com uma enorme preocupação de não magoar os outros.
Essa pessoa está triste.
E eu estou triste com ela.

17 nhận xét :

Um Momento said...

Hum...
Doçura minha...
Há pessoas que não merecem o nome com o qual foram baptizadas...
No entanto e como tu sabes também em tempos fui "afectada " com comentários anónimos ao meu blog que muito me irritaram...
Como tu dizes e muito bem , a educação faz parte do bom senso de cada um, mas para tal é necessário que existam ambos.
Contudo tens razão ao dizer que a net culpa não tem,mas temos nós a "culpa" ao dar valor a essas "pessoas" que teimam a todo o custo semear atritos e afins neste mundo blogoesférico.
Outra coisa que dizes e por aí não concordo , é ao dizeres que "(...)A vida virtual de uma pessoa é o espelho daquilo que ela é.(...)
Não minha Doçura... há imensa gente que na sua vida virtual cria uma personagem ficticia e nem por sombras se assemelha á da sua vida real ou ao que lhe vai na cabeça , simplesmente inventam personagens e divertem-se dessa forma...
Mas como te dizia a melhor forma de combater estes "germes" é ignorar .
Foi assim que aprendi a não me aborrecer , e a neste mundo "virtual" passar a estar.
É caso para dizer:quem vier por bem é bem vindo... quem por mal chegar... pode-se por a andar , o ignore está para ficar;)
Quanto ao espaço fechado...quem sabe a tua Amiga reconsidera e o volta a abrir , basta moderar os comentários por algum tempo e usufruir do seu espaço
A ti e a ela deixo um beijo com muito carinho !

(*)

Leonor said...

Não podia estar mais de acordo.

Ontem já era para ter comentado o 2º post mas não tive tempo, e assi comento só este.

Somos o que somos e transpomos (infelizmente?) isso para a net, não há volta a dar-lhe.
a melhor coisa a fazer é realmente como diz, e o que tento aliás tb fazer: quem quiser entra e é livre de comentar (ainda não tive nenhum comentário menos feliz) e eu comento onde acho interessante, não por obrigação.
A verdade é que se encontram pessoas interessantes e para mim tem sido agradável esta experiência, mas há de tudo...

e sobretudo geram-se movimentos às vezes com uma ligeireza que me deixa, no mínimo, perplexa...
é o problema de estar tudo à distância de um clique.
penso que sei de quem fala, e não podia estar mais de acordo
bom fim de semana

Pena said...

Maravilhosa Amiga:
Perante uma envolvente e uma abrangente abordagem ao seu lindo blog, queria expressar-lhe a minha gratidão pelo Ser Humano ENORME e sensacional que é.
O que existe a mais em si e no que revela é: UMA ENORMIDADE DE AFECTOS.
Parabéns sinceros.
Beijinhos de amizade inequívoca e profunda.
Sempre a tê-la na maior estima
Com afecto

pena

Sol da meia noite said...

Nem sempre está ao alcance da nossa compreensão muito do que se passa neste mundo virtual.
Mesmo quando as pessoas se conhecem, há relações que são complicadas... que fará quando não se conhecem.

Vá, força!
Um beijinho

Lisa's mau feitio said...

Olá Veludinho Azul!!

Espero q estejas bem. Vim aqui de fugida, ao ler o teu mail, pois qdo pediste para vir lê-lo, pensei que fosse algo relacionado contigo e, como não tens andado bem, fiquei "preocupada".

Querida, agradeço as tuas palavras e os teus afectos!!

De qqer das formas, gostaria de esclarecer alguns aspectos!!

Eu não estou triste!! Parei o blog porque situações destas dispenso-as e ponto final. Já estou cansada de falar nisso.
Não o parei com tristeza alguma, apenas porque não estive para me maçar e não teria pouco com o que me maçar. Daí achar por bem ficar-me por ali uns tempos.

A fotografia da Lisa a choramingar é dispensável!! Não me revejo minimanente nela, aliás... Revejo. revejo tendo em conta que esta semana foi brutal: filho com um internamento, avaliações de alunos por fazer e a entregar em menos de 72 horas e família de apoio nastante distante geograficamente. Daí que, afinal, chorar é o que mais me apetece fazer neste momento. Mas jamais por ter parado o meu blog.
Por coincidência mal tenho deixado comentários pelos blogs amigos, dados os acontecimentos dos últimos dias. E isto pode ter levado à ideia de que abandonei a blogosfera. Não!!! simplesmente, tenho vida, muita vida para lá da escrita... E nestes últimos dias não tem sido fácil. Apenas e tão só isso.

Vá!! Tira lá a Lisa a choramingar e põe outra a dar uns gritos!!

Fica bem e já aproveito para deixar por aqui uns beijinhos repartidos para quem conhecemos em comum, pois tb estou c saudades de umas boas bloguices!! Mas o trabalho acumulou-se... O que me vai fazer regressar aos pouquitos.

Beijinhos, Veludinho Azul.

Lisa

PS - Qto à moderação de comentários, adianto-te que não é coisa que aprecie. Escrevemos publicamente, sujeitamo-nos. É mesmo assim. Também não andamos na rua com nenhuma protecção contra piropos, vá.
E mais escreveria, mas cada um tem a opinião que tem.
Eu jamais moderaria comentários. Mas não critico quem os tem assim. Se a opção existe, usafrua-se dela, pois!! Assim como existe a opção de não moderação e ninguém a critica, ora!!

Mais beijinhos para ti e para todos.

O menino-menina já está em casa. Agora é ter cuidados extra para evitar a recaída.

Lisa

f@ said...

bem... nuvens carregadas .... bom fim de semana e beijinhos

FM said...

Beijo com votos de que consigas o que desejas com este Post... Intenso.
Até Já!

Blue Velvet said...

Querida Um Momento:
se leres bem o post verificarás que digo lá que este tipo de gente, se faz de boazinha, na vida real, mas se tem necessidade de inventar uma outra personagem para o mundo virtual. é poque isso está na sua cabeça.
Mas, se calhar tens razão: o melhor é ignorar.
Beijinhos e veludinhos, amiga

Blue Velvet said...

Leonor, obrigada pelo seu comentário.
Volte sempre.
Beijinhos e veludinhos

Blue Velvet said...

Pena,
obrigada pelas suas palavras.
Volte sempre: as suas palavras, são um bálsamo.
Beijinhos e veludinhos

Blue Velvet said...

Querida Sol,
como estás?
Obrigada pelas tuas palavras e pelo teu comentário.
Beijinhos e veludinhos

Blue Velvet said...

Querida Fa,
tu bem disseste que as nuvens estão carregadas e que ia haver chuva.
Haja esperança.
Pode ser que a chuva limpe tudo.
Beijinhos e veludinhos

Blue Velvet said...

Francisco,
que bom: um comentário teu.
Não pretendo nada com este post, senão desabafar.
Começo a perceber que tenho que ir tirar um curso para lidar com este mundo.
Beijinhos e veludinhos

Alexandre said...

AFECTOS é a coisa mais simples de dar e é ... grátis!!!!

O mundo seria bem melhor se os afectos fossem coisa natural, infelizmente as pessoas em geral pensam que não têm que dar afectos, que são superiores a essas fragilidades... não dão, não recebem, não recebem, não dão ... e assim se faz um mundo cada vez mais insuportável!!!

Muitos beijinhos!!!

Maria said...

Querida Blue
Percebendo o que queres dizer com este post, pois já tinha visto que o blog tinha um "ponto final", devo dizer-te que nem todos somos iguais aqui na net. Falo de comportamentos.
Há gente que é o que escreve ou o que escolhe para publicar, há outra gente que mente, que insulta (às vezes de modo velado), que até cria várias identidades e vários blogs para "manobrar" o que quer a seu belo prazer. Já conheci de tudo. Já tive de tudo.
Esta "coisa" dos afectos virtuais é bem real, porque a gente se preocupa, porque se não há post 2 ou 3 dias seguidos "onde andará F..." ou "será que está bem", etc.
No que me toca mantenho o blog aberto a todos os comentários, até anónimos. E quando aparece um anónimo a "mandar pérolas", eu agradeço-lhe os "diamantes" e convido-o/a a voltar. Não me tenho dado mal com isso. Talvez até um dia, logo se vê....
... logo se vê....
Por agora está comentado o teu post. Logo verei, mais tarde, quem sabe....

Beijinhos em veludo azul

Carminda Pinho said...

Blue,
foi o teu desabafo e, concordo contigo. Aquilo que escreveste é aquilo que penso, pois tinha conhecido a Lisa através dos seus comentarios noutros blogs que visito regularmente e, por ter simpatizado com a maneira como se exprimia, alegre e com um humor fora do comum resolvi visitá-la e comentei lá, poucos dias antes de ela fechar o blog. Acho até que foi no post que a forçou a fechar o blog. Tive imensa pena porque daquilo que lá encontrei, gostei muito.
Mas a vida virtual é como a real, encontra-se gente educada e o seu contrário.
Espero que a Lisa volte um dia destes.
Para ti, deixo beijinhos.

Oliver Pickwick said...

De vez em quando leio um post parecido com este. E é justamente estas postagens cheias de indignação, o oxigênio vital para os malfeitores a que se refere. Se alguém postar um comentário ofensivo em meu site, eu deleto, sem lamúrias e lamentações. Por que essa gente gosta é das conseqüências, de ser o alvo das atenções. É uma forma de psicopatia.
Veja, por exemplo, neste post, a rede de pessoas solidárias que conseguiu. Este é o objetivo do malfeitor, audiência.
Beijos!