4 January 2008

CORAGEM - O FIM DA TRILOGIA

É sabido que muito pouco tempo depois de grandes tragédias ( às vezes menos de 1 hora ), já correm anedotas sobre o assunto.
Costumo ficar chocada e achar de humor duvidoso essas anedotas.
Acredito que nos nossos dias, com tsunamis, guerras, acidentes de avião, nada terá chocado o Mundo, mais do que o 11 de Setembro.
Todos nós sabemos onde estávamos quando os aviões chocaram com as Torres Gémeas.
Todos nós pensámos estar a ver um filme.
Todos nós, hoje ainda, quando vemos aquelas imagens, já vistas e revistas dezenas de vezes, achamos que as estamos a ver pela 1ª vez.
Já todos o disseram, o Mundo mudou nesse dia:
Todos ficámos reféns do terrorismo e do medo e os Estados Unidos foram feridos de morte na sua arrogância, quando foram atacados no seu próprio solo.
Assim, quando recebi por mail o vídeo que aqui deixo, senti uma grande revolta e não entendi como alguém podia fazer graça com um assunto destes.
Depois, percebi que podia dar-lhe outra interpretação:
Quantos de nós já discutimos este assunto começando pelos argumentos relacionados com a guerra e com o terrorismo e acabámos naquela interrogação ridícula, tentando comparar a supremacia da nossa inteligência sobre o absurdo da convicção dos terroristas suicidas: Mas como podem eles acreditar que estão 100 virgens à espera deles? Não percebem que não há virgens que cheguem para todos?
Agora imaginem que aquilo que se vê no vídeo foi o que aconteceu antes dos aviões embaterem nas torres? No mundo daqueles loucos, não é impossível imaginar esse cenário, pois não?
A ser assim, não me resta qualquer dúvida que há loucos cheios de coragem e a coragem dos loucos.
E que entre ambas fica a mesma distância que separa Lisboa de Dakar.
E eu, que como sabem sou muito perguntadeira, pergunto:
Se os 4 turistas que foram mortos na Mauritânia fossem portugueses o rally teria sido cancelado?
E o voo 13 despenhou-se porque os corajosos passageiros assim o quiseram, ou o avião que se dirigia para a Casa Branca foi abatido pela força aérea americana?
O realizador que fez este vídeo não deve ter imaginado que depois de o ver, alguém não tivesse vontade de rir.
Mas eu não tive.

14 nhận xét :

QJ said...

Coragem ou azar ou outra coisa qualquer nunca vamos saber exactamente relativamente ao voo 13

A coragem nasce de actos irracionais, porque se formos analisar os actos corajosos quem os praticou provavelmente não os praticaria!

Não conheço ninguém corajoso, quer dizer conheço alguns nadadores salvadores, mas esses estão a trabalhar e são pagos para isso, e sabem que se abandonam o lugar sem justificação têm algumas dores de cabeça, eu diria que estavam a praticar um crime (agravado pelo, possível, resultado).

todo o 11 de setembro é uma incógnita, ou não, pelo menos criou-se uma série de teorias da conspiração que têm vindo a alimentar as pessoas, e a guerra lá por aqueles lados, a tão famosa guerra contra o terrorismo e contra o eixo do mal, lá vai andando...

Tenho algumas dúvidas se o eixo do mal não estará no continente americano, mas é certo que eles continuam a ganhar dinheiro com o mal dos outros.

Os povos do médio oriente, são diria incompreendidos, mas não fazem esforço nenhum para se compreenderem, e sempre ouvi dizer que vozes de burro não chegam ao céu, bem verdade o é.

Todos quanto criticam os radicais religiosos, ou nunca mais voltam à sua terra Natal, pois impera o sistema jurídico-religioso onde é mais grave dizer mal da religião do que roubar, traficar ou qualquer outro crime "civil", esses que se arriscam a levantar a voz, estão condenados a viver escondidos ou expatriados, ou então se por lá ficam são assassinados legalmente ou com um atentado a ex 1ª ministra que foi morta é um simples exemplo disso...

Cumprimentos

FM said...

Gostei da parte das 90 virgens... (risos) Onde, onde??!! (risos)
Obviamente que o assunto é mais sério e o vídeo, assim como as tuas palavras fazem-nos pensar, e muito...

Ana Fernandes said...

acho que eu tenho corageM!
ou seria impulsividade?

Ana Fernandes said...

Estou firme e forte e cada vez mais certa de que é definitivo!

O filme? uehuehue
Eu quero! Manda! =*

Um Momento said...

Bom...
Este video realmente...
Concordo contigo...
Além de ser de algum mau gosto , até porque ao dizer que não consegue garantir mais de vinte virgens está a desqualificar o lado feminino, para não dizer a "insultar",e ainda a incitar o "Terrorismo", quando decidem não levar avante a missão...
Mas pronto...
Coragem louca e dos loucos a coragem

Beijo e Bom fim de semana!

(*)

Abssinto said...

Mesmo assim eu ri-me.

Sol da meia noite said...

Não há de que rir.
Apenas a lamentar...
De tudo se tira proveito... isso choca.

Xi

Outonodesconhecido said...

A verdade está com quem mandou executar; a tragédia foi com os mortos e dor ficou com as suas familias. Nós havemos d e esquecer, esquecemos sempre...
Bom fim de semana

Outonodesconhecido said...

O Eli é um querido, daquelas pessoas que conhecemos e nos marcam; sei que ficamos amigos.

Maria Clarinda said...

...A ser assim, não me resta qualquer dúvida que há loucos cheios de coragem e a coragem dos loucos.
E que entre ambas fica a mesma distância que separa Lisboa de Dakar....

Pois é, és perguntadeira como eu!
Será que não se iria realizar?....
Jinhos

Olá!! said...

No mês passado fiz um post "Secas e uma muito negra" onde colei o link desse video... É realmente fascinante o poder imaginativo e humoristico (negro ou não) de algumas pessoas...
Quanto ao facto em si, dúvido que nesse dia alguém tenho sorrido...
Beijo grande

Capitão-Mor said...

O que me deixa preocupado é que o terrorismo interfere claramente com as nossas liberdades!
De qualquer modo, já era de prevêr que esse Dakar estaria com os dias contados e se formos a ver bem, não deixa de ser uma manifestação ostensiva de capitalismo por terras de misária...

Oliver Pickwick said...

Não faz muito tempo que uma tragédia envolvendo duas, três pessoas, gente comum, nem precisava ser uma celebridade, era capaz de comover um país inteiro.
Hoje, morrem centenas, e até milhares, e o resultado é esse aí, do clip, a galhofa.
Stalin era um visionário, ao afirmar que a morte de milhares, era apenas uma estatística.
Artigo concluído de modo brilhante, Velvet. Renovo minhas congratulações.
Beijos!

Blue Velvet said...

Obrigada a todos pelos comentários e opiniões.
Beijinhos