12 January 2008

PUTAKEPARIU 2

Quando qualquer comum mortal decide montar um pequeno negócio, interroga-se qual o ramo que será melhor para lhe dar lucro.
Embora me ponha os cabelos em pé, sempre me habituei a ouvir que negócios certos só putas e droga.
Confrange - me pensar não só que se ganhe dinheiro com a desgraça do nosso semelhante, mas que ainda por cima, seja com o que há de mais sórdido no ser humano.
Vem isto a propósito de um novo negócio que existe nos Estados Unidos e já na Europa, e que vai de vento em popa.
Chama-se, nem mais nem menos que “ Agência de Álibis ”.
Não me deterei nas implicações legais do mesmo.
Deixo isso para ser julgado em sede própria.
A mim, sempre me interessaram mais e continuam a interessar, os sentimentos, os comportamentos, o carácter das pessoas.
A lei, pese embora eu tenha que lidar com ela, fica para os tribunais.
Assim sendo, é disso que quero falar hoje: de sentimentos e comportamentos.
Pois bem, estas agências encarregam-se de arranjar álibis falsos para homens e mulheres que querem “ enganar” os seus parceiros sentimentais, sejam eles cônjuges ou companheiros.
Assim, imaginemos:
Eu sou casada e tenho um amante.
Trabalho numa empresa onde por vezes tenho que viajar em trabalho.
Esse amante convida-me para passar uns dias na Riviera Francesa.
Põe-se o problema de justificar a viagem ao meu marido.
Contacto uma das 2 Agências e eles arranjam-me:
Um bilhete de avião para Londres, quando eu vou para a Riviera Francesa.
Uma conta de um hotel em Londres.
Contas de restaurantes em Londres.
Um nº de telefone, que funciona 24 horas por dia, para onde o meu marido poderá ligar, como se estivesse a ligar para o meu hotel em Londres.
E, requinte maquiavélico, um presente de algo que só poderia ser comprado em Londres, e que é algo que ele adora: qualquer coisa comprada no Harrod’s, por exemplo.
Tudo isso me é entregue, antes da viagem.
Muito bem: quanta custa toda esta enorme mentira? Entre 50€ a 120€, dependendo dos pormenores exigidos, uma enorme falta de vergonha na cara, uma consciência muda e uma moral mais que discutível.
Ouvidos psicólogos e sociólogos sobre esta matéria, eis algumas das suas afirmações:
Há as mentiras egoístas e as altruístas:
As 1ªs para proteger ou beneficiarmo-nos a nós próprios.
As 2ªs para proteger o outro.
E continuam: - O que seria do Mundo se falássemos sempre verdade? Sem elas, o homem morreria de verdade.
- Com 24 horas de sinceridade por dia, manter um namoro ou um casamento, seria um milagre.
- Num mundo de relações complexas que esvaziam a liberdade individual, mentir é absolutamente necessário!
Não vou alongar-me muito mais àcerca daquilo que considero um perfeito despautério.
Farei só umas pequenas considerações:
- O que seria o Mundo, baseado na Verdade?
- Quando uma relação nos tira a liberdade individual, a solução é acabar com ela, Não, mentir.
- Eu não quero uma relação ou um casamento baseado na mentira, mas sim, na Verdade e na Confiança.
- Não entendo que esteja a proteger o outro, mentindo-lhe.
- Se sou casada e tenho um amante, para quê continuar casada?
Olhem, saibem que mais?
PUTAKEPARIU!

Notinha: Se alguém quiser as moradas das ditas agências, não conte comigo para as fornecer.

14 nhận xét :

Sol da meia noite said...

Minha amiga
Duas situações me chocam neste texto.
Sendo que uma delas é ganhar dinheiro com a mentira e o engano. A outra o acto de pagar para provar a mentira, o engano.
Onde irá o ser humano parar? Até onde mais terá a pouca vergonha de descer?

Parabéns pelo texto!
Muitos beijinhos

Hyoma said...

Blue Velvet

Haja muitas pessoas como tu. Subscrevo.
Interessante o texto. A das agências, é muito triste, para não dizer deprimente. Não podemos mudar mentalidades, mesmo que fosse possível, não valeria a pena gastar energia com isso. Mas podemos, nós basear os nossos sentimentos e as devidas relações, na Verdade. Há valores humanos em extinção. Não sou perfeito, mas pretendo viver de consciência tranquila. Saber, no final do dia, que tudo fiz para manter o que está à minha volta claro, e transparente. Eis um Verdade. Haja luz e "iluminados". Parabéns pelas tuas convicções. Tens a minha admiração...

Bom fim-de-semana!

MIMO-TE said...

Bolas, cada vez gosto mais de ti!!!

Sabes que mais, podemos muito bem viver com a verdade. Eu sou como sou, sinto o que sinto e obviamente só posso viver com alguem que me aceite assim. Olha que é dificil! Mas serei sempre eu.

Que treta de gente, mas isto é gente? Valha-me a tolerância! :)

Miminhos linda e parabéns!!! Gosto-te assim :)))

Olá!! said...

Tu andas a dizer muitas asneiras e sabes que mais... concordo contigo.
Isso é coisa que se faça??? Agencia de Alibis???
Agarrem-me que eu chego-lhes....

As pessoas perderam os sentimentos, Blue??? Que mundo é este?

Beijo grande

Maria said...

:))))
Tou fora!
Não sei viver assim!
Mas que é isto??
***********
Poderia continuar aqui a fazer perguntinhas, muitas, mas nem vale a pena.
Os valores que cada um tem deverão ser suficientes para nos "orientarmos" na vida. Pela Verdade!

Beijos

S. Pedro said...

Olá Velvet,
concordo inteiramente contigo.

Mantem-se íntegra na relação que tens e diz ao da Riviera Francesa que eu posso ir no teu lugar !!
:-)

Bjo

H said...

Lá no meu mal frequentado buraco, tenho a morada!!! ehehehe

Luís Galego said...

Num mundo de relações complexas que esvaziam a liberdade individual, mentir é absolutamente necessário!

mas não devia ser e minha cara bluevelvet por muito cruel que seja a verdade é que 89% das relações são fraudes, onde um dos parceiros engana o outro. Relações existem que um dos parceiros que se julga muito amago nem imagina que é muito, mas muito enganado. Quando se fizer um estudo sobre as noites após os ditos Congressos de trabalho, talvez mais de metade da população concluiria que não vivem uma vida, mas sim uma Fraude.

Peço desculpa pelo pessimismo, mas é deformação profissional, a Sociologia desperta-nos para estas coisas...

Tiago' said...

Realmente... há agências para cada coisa. Gostei da última frase que colocaste: Se se tem um amante, para qu~e se continuar casado!?!

Beijinhos,
Tiago'

Angel said...

Olá BlueVelvet..realmente a gente para tudo...gostei..da parte se quiserem informações..não as tens..boa..é mesmo isso..um beijinho para ti..com muitos Sonhos..;)E obrigada pelas tuas visitas..

Xana said...

Amiga Blue, excelente texto onde mostra claramente que há valores humanos em extinção!

Ainda creio fielmente que a mentira jamais vence a vontade pura da verdade!

Um mimo para ti lá... em Notas Soltas, Obrigada!

Beijo terno, boa semana

Mahira said...

Realmente bastante interessante o texto!! Vou voltar!

Oliver Pickwick said...

Ei, Velvet, eu soube que esse tipo de negócio começou na França.
Nessas horas, eu chego a balançar entre a liberdade dos costumes no ocidente maravilhoso, e os velhos aforismas de outros tempos ainda presentes do oriente médio e adjacências.
Beijos!

Som Do Silêncio © said...

Hahahaha desculpa minha querida, mas eu dei uma grande gargalhada quando terminei de ler o teu post!
Não que tenha piada em si, mas é pelo ridículo de eu ter imaginado que existem pessoas que podem e fazem essas porcarias!
Já estou como tu, se se tem um amante pra que diabo continuar casado?
E mais a mentira tem sempre perna curta, mais dia menos dia somos descobertos.
Beijos verdadeiros