23 January 2008

HEATH LEDGER, O COWBOY DO AMOR, MORREU



Poucos são os que passaram por este Mundo, (menos ainda os que morrem com 28 anos), que se podem gabar de ter deixado ficar na lembrança de todos, uma imagem que nos venha imediatamente à cabeça.
Assim que ouvi a notícia de que Heath Ledger morrera, tive imediatamente um flash desse momento:
Em “ Brokeback Mountain”, depois de se ter despedido de Jake Gyllenhaal depois do seu verão juntos – que era o que lhes restava – Ennis estoicamente afasta-se.
O único fundo que se vê é o azul do céu.
Infinito. O céu.
Entra num beco, encosta a cabeça a uma parede e soluça tentando esconder o rosto no chapéu.
Pragueja.
Dá murros na parede.
Dois segundos depois, vê-se a sua imagem em jovem, no altar, casando.

A tragédia da vida de Ennis e Jack é causada pela ignorância ancestral que está contida no nosso DNA e posso garantir que isto é verdade.
Na altura em que o filme saiu, dezenas de pessoas que conheço, sobretudo homens, afirmavam odiar o filme sem sequer o ter visto.
Algumas mulheres também.
E todos eles invariavelmente, quando não conseguiam dizer correctamente o nome do filme, referiam-se-lhe como “ Ah, o dos 2 cowboys paneleiros “
Dificilmente este tipo de gente saberá o que é o Amor.
Lamentavelmente.


Com uma música fantástica aqui vos deixo a cena mais polémica do filme.

Aviso que os mais sensíveis poderão ficar chocados...

7 nhận xét :

Som Do Silêncio © said...

Minha querida, não sabia que ele tinha morrido!
E sou de opinião que o amor não escolhe idades nem sexos.
Enfim, tem gente pra tudo.
E quem não reconhece que podemos amar alguém do mesmo sexo não é humano.
Beijos tristes

parvinha said...

Belo post, linda menina, peço desculpa tratar-te assim, mas é com carinho.
Mais não digo senão tinhamos testamento, mas penso que abordaste 2 temas interessantes.
beijo
Gi

Angel said...

A sério..não posso..gostei tanto deste filme eles fizeram um papelão...que fique com os Anjos..

Angel said...

Espra tenho de comentar o teu aparte..com o qual concordo plenamente...

"E todos eles invariavelmente, quando não conseguiam dizer correctamente o nome do filme, referiam-se-lhe como “ Ah, o dos 2 cowboys paneleiros “
Dificilmente este tipo de gente saberá o que é o Amor.
Lamentavelmente."

Pois é...

Luís Galego said...

Dificilmente este tipo de gente saberá o que é o Amor.
Lamentavelmente.

Excelente post...sobre o actor e a morte tambem dediquei algumas palavras...

Que mulher, que ousadia, que sensibilidade...

Maria said...

Um dos filmes mais belos que já vi.
Um verdadeiro hino ao amor....
Como tu dizes, só quem nunca amou pode dizer barbaridades destes dois ctores e do filme.

Beijos aveludados

a.filoxera said...

Adorei o filme. E, claro, ouvi vários comentários desse género...