27 November 2007

PARA QUÊ COMPLICAR



Há dias em que os sentimentos me calam, ficam afogados na ponta do lápis, a inspiração não vem, e o talento, se o há, foi, para onde, não sei.
Assim, copiei outras palavras, maiores, que por mim falam.


PARA QUÊ COMPLICAR?

Não precisas de presentes
Nem rimas,
nem flores,
nem nada.
Basta trazeres o que sentes,
E chegares de madrugada.

Perde as mãos pelo meu corpo,
Faz-me calar com um beijo,
Como se eu fosse o teu porto,
E tu meu mar de desejo.

Deixa falar a paixão,
Não faças juras de amor,
É só carinho e tesão,
Suor, gemidos, calor.

Enrosca-te no meu seio
Os corações a bater.
Sem confusão,
sem rodeio
Mais simples não pode ser.


Carlos Drummond de Andrade

11 nhận xét :

vsuzano said...

realmente há dias assim, mas não faltam por aí coisas que nos tocam e que podemos publicar e reler...

beijo

a.filoxera said...

Mas que românticas que andamos...!
"Sem confusão, sem rodeio"... "perde as mãos pelo meu corpo"... (suspiro).
Que a inspiração não te falte, amiga.
Beijos.

O Profeta said...

Para quê complicar...é tão simples a vida...


Boa semana


Doce beijo

Olá!! said...

Não me acredito que te falte inspiração, tiveste-a para ir buscar estas palavras...
Beijuusss

FM said...

Concordo. Somos uns complicados sempre a anunciar que estamos a descomplicar...
Somos uns exagerados...

Simone said...

Sim, para quê? Keep it simple!

Beijinhos

Maria said...

Gosto do Drummond de Andrade, um dos meus poeta do amor...

Beijo.

(à margem: sabes que o teu blogue é um dos que me "pendura"? Acho que é por causa da página da la redoute que abre qd se abre o blog... maldita publicidade que só pendura...)

Pekenina said...

Há coisas tão boas e tão simples...Porque não nos apercebemos disso mais vezes?
Beijo simplista,
Pekenina*

Sol da meia noite said...

Lindo!
É na simplicidade que a beleza habita...

Beijinhos

melgadoporto said...

A imagem e o título, em conjunto, fascinaram-me.
Pela ternura e desenleado que trouxeram ao meu pensamento.
Um postal à Vida!
E estas palavras um desabrochar para ela.
“Enrosca-te no meu seio
os corações a bater.
Sem confusão,
sem rodeio
Mais simples não pode ser.”
Obrigado por este momento :)

H said...

Obviamente q adorei a escolha do quadro!