7 August 2008

DISFARCES


O que sou.
O que sei.
O que gosto.
Em que me trans-formo.

Não sei viver uns dias
envolta no sonho,
sabendo que sempre acordo.

26 nhận xét :

Maria said...

Opá, o teu blog tá marado.
Não acusa, abrem janelas que não têm a ver contigo, e para eu entrar aqui tive que ir ao original...
.... não acusa em RSS.
Pode?

Sonhar é (ainda) o que nos resta. E não paga imposto.
Aprende a viver em sonho, sabendo que é sempre para acordar....

O caminhos das pedras é muito duro, mas sempre foi o meu (e não o trocava por outro...)

Beijos azuis

Antonio saramago said...

OS SONHOS SÃO UMA ENORME ILUSÃO!!!
Pena é que o bom dos sonhos muitas vezes não consiga na realidade.

Antonio saramago said...

OS SONHOS SÃO UMA ENORME ILUSÃO!!!
Pena é que o bom dos sonhos muitas vezes não consiga na realidade.

wicky said...

vale a pena sonhar!!
como vale a pena comer um bom almoço mesmo sabendo que na hora de jantar já estamos com o estomago vazio...

Filoxera said...

Por isso é que estamos sempre a aprender...
Beijos.

jasmimdomeuquintal said...

Vim espreitar se estavas mais animada. Estou de partida para mais uns dias de férias, logo, logo o trabalho aperta.
Bjocas e fica bem. Vai dar um passeio pela praia: em dia de vento vemos a vida com outros olhos.
Um dia feliz

f@ said...

Os sonhos em que te envolves são para estar acordada e sentir o sabor ...
continuar a sonhar e a trans formar o néctar fe flor em mel o dia s ... ama ciadas de anil
... sons e gestos nos sonhos beijinhos das nuvens

Jotabê said...

Uma coisa que sempre me intrigou foi essa necessidade quase obsessiva que o pessoal tem em descobrir o que vai na cabeça de quem escreve poesia, ou um simples pensamento, como é este caso.

Uma ocasião, armado em poeta de fim-de-semana, e sob um estado-de-espírito de uma alegria quase eufórica, resolvi escrever qualquer coisa, que não era mais que o reflexo daquele momento.

Foram incríveis as adivinhações que se foram construindo em torno daquele texto, imagino que algumas até se tenham inspirado noutras, mas ouvi de tudo, desde que estava apaixonado, passando por desilusão amorosa e até tendências suicidas.

Cheguei desta forma à conclusão que escrevia mal, pior ainda, era completamente inábil a exprimir sensações através da escrita.

Abandonei por completo, (ou quase) essa coisa da prosa ou da poesia ou lá o que é.

Em relação aos poetas propriamente ditos, é obvio que um fio condutor nos poemas que vão construindo ao longo da sua vida, revelam alguns traços da sua personalidade, mas o que é efectivamente enriquecedor, são as sensações que retiramos, sensações nossas, e que logicamente poderão ser díspar da do autor. Na maioria das vezes são.

Talvez até essas adivinhações que se fazem, sejam elas mesmas as próprias sensações, mas transferidas para o autor do poema. Mas isso já era coisa para sofá e média luz, não cabe aqui.

Como sabes eu não gosto de interpretar poesia, (coisas do 5º ano), mas quando leio qualquer coisa, faço por registar logo as primeiras impressões que essa poesia me provoca, este teu texto não é poesia, logo estava mesmo aqui a pedir uma primeira impressãzinha. Acontece que a primeira impressão que este teu texto me sugeriu dizia respeito a sonhos. O problema é que eu só sonho com parvoíces e badalhoquíces, imagina então a impressão. (não imagines)

Fora de questão.

Lamento, sobre este teu pensamento não me vou pronunciar.

:(

:|

beijoca

BlueVelvet said...

Maria,
pelos vistos só mesmo quem gosta de mim ou de me ler, cá vem, dadas as dificuldades...
Como sabes é uma coisa que não consigo resolver. Pelo menos para já.
Por isso e por outras coisas, obrigada.
Quanto ao teu comentário, por isso tu és a fortaleza, a rocha onde mesmo o mar, batendo, se transforma em espuma.
E porque mesmo das fraquezas fazes força.
Não sou assim mas tento trans formar-me.
Mas o que importa é que gosto de ti.
Muito.
Beijinhos e veludinhos muito azuis

BlueVelvet said...

António,
pois é. Por isso são sonhos.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Wicky,
é verdade o que dizes quanto à alimentação. Jeito dava que não fosse. Poupávamos imenso dinheiro.
Obrigada pela visita.
Veludinhos azuis

BlueVelvet said...

Filoxera,
mas porque será que para aprender temos que sofrer?
Era melhor ler num livro:))
Beijinhos amiga

BlueVelvet said...

Jasmim, obrigada pelo teu cuidado.
Como vês não estou:(
Beijinhos querida

BlueVelvet said...

Fa,
vamos ver se chegará o dia em que poderei sonhar acordada...
Beijinhos, amiga

BlueVelvet said...

Jotabê,
tens alguma razão no que dizes.
Nem sempre, sobretudo nos blogs, aquilo que se escreve corresponde à realidade de quem escreve.
São assim tão badalhocos os teus sonhos?:)))
Veludinhos azuis

Carlos Barbosa de Oliveira said...

É bom nunca esquecer as palavras sábias do poeta: " O sonho comanda a vida". Que seria de nós se não sonhassemos?

BlueVelvet said...

Carlos,
sorte dele que era poeta.
Eu não sou:(
Beijinhos

Patti said...

E há quem esteja acordado e que queira estar sempre a sonhar.

titofarpas said...

Já voltei de férias e o teu blog continua fantástico...
Bom fim de semana

Sol da meia noite said...

Entendo bem este sentir, este medo que bloqueia.

Minha amiga, sinto nas entrelinhas algo triste... lembra-te que acordar dum sonho pode também ser despertar para o bom da vida.

Deixo-te um beijinho *
:-)

Belisa said...

Olá

Prazer em conhecer!
Gostei de ler gostei de ver!
Espero tua visita
Na minha casita.

Beijos estrelados

f@ said...

Pois pois... ai ai... as coisas dos sonhos ... bem eu fico caladinha co os pés bem assentes nas nuvens ...
sonhar acordada podes e deves... sábio o sonho...
beilinhos das nuvens

Rocket said...

malditos despertadores...

bjinhos veludinhos

su said...

Tudo na vida tem de ser tomado na dose certa e umas coisas sem as outras não podem existir...é o tal equilíbrio de que se fala na vida...e se os sonhos são o sal ou o açucar da vida, tempera-se à dose certa...sem abusos, como em tudo. Mas como em tudo são essenciais. E nós na nossa transformação normal do dia-a-dia somos feitos desse balanço equilibrado...

Um beijo em fio.

Donagata said...

Pois. Tal como eu também já disse, sonhar é bom, só tem de mau...o acordar.
Beijos e desejos de um bom fim de semana.
É sempre bom vir aqui!

JC said...

Hás vezes é preciso sonhar. E como dizia António Gedeão "O sonho comanda a vida, como bola colorida nas mãos duma criança"
Beijinhos