31 August 2008

O MEU FIM-DE-SEMANA

Cheguei do fim-de-semana!
A convite de uma amiga muita querida fui passar 3 dias a Aveiro, cidade que não conhecia.
Eu sei que é uma vergonha, mas é verdade, que hei-de fazer?
Já andei por sítios no Mundo onde nunca tinham visto um europeu ( juro que é verdade), mas conheço pouco acima do Tejo.
Eu até sabia que havia os moliceiros, adoro os docinhos de ovos, sabia que Aveiro é chamada de Veneza portuguesa, mas conhecer...não conhecia.
Como sempre faço quando vou a um sítio onde nunca estive, fiz um reconhecimento do terreno, antes.
Uma das coisas que me encantou foi descobrir que o seu nome vem do latim Aviarium, que significa "lugar onde se preservam os pássaros".
É claro que isto daria pano para mangas, porque, se por via erudita deu Aveiro, por via popular deu " Aviário" que como todos sabem é o local onde se guardam certas aves, mas para depois...matar e comer.
Mas enfim, continuando, também gostei de relembrar que no séc.XI a cidade foi conquistada aos mouros e que no Convento de Jesus ( agora Museu da Cidade) construído no séc. XV, está sepultada a Infanta D. Joana , filha do Rei D. Afonso V. Já sabem que gosto muito de histórias de princesas. Manias!

Quando cheguei perdi-me logo, porque a minha amiga disse-me para arrumar o carro no parque do Forum e eu, não sei se é do acordo ortográfico ou deformação profissional, tratei de perguntar onde ficava o tribunal. Claro que no tribunal não havia parque nenhum.
O Forum em Aveiro, é um centro comercial ao ar livre, que me lembrou a Galleria Vittorio EmanueleII, em Milão, que foi concebida em 1864 por Giuseppe Mengoni, para ligar a Piazza del Duomo á Piazza della Scala e á Via Manzoni. Estão lá as lojas mais chiques da cidade.
Em Milão e em Aveiro: desde Dolce e Gabbana à Miss Sixty está lá tudo o que eu gosto. Mas como não fui lá para fazer compras, toca a andar para sítios menos perigosos.

Mesmo ao lado da entrada há uma das muitas pontes da cidade, que passa por cima do Canal do Cojo, e que estava enfeitada de flores lindas. Ainda por cima buganvílias.

Aliás, uma das coisas que mais me impressionou em Aveiro, foi a limpeza das ruas ( não se vê um papel no chão) e as flores que enfeitam toda a cidade.


As fachadas dos prédios estão recuperadas e alguns edifícios fazem lembrar Biarritz.

Ainda tentei dar a volta pelos canais nos moliceiros, mas todos me chamaram saloia, porque o barco só sai quando está cheio de turistas mal encarados.
- Mas que coisa, eu também sou turista. Nada feito. Não os convenci.
Fiquei de trombas, que só me passaram na Pastelaria Peixinho onde comi não sei quantos bolinhos de ovo em forma de conchinhas, peixinhos, barris pequeninos, enfim, uma desgraça.

Rumámos então a casa, que fica numa pequena aldeia a poucos quilómetros de Aveiro, onde reinam 4 gatos e uma cadela.
Ao jantar fizeram-me a enorme partida de ir buscar um leitão que tinha sido assado de propósito para a ocasião, ( lembrei-me logo da Patti ), mas no qual não toquei porque comi petingas e filetes de polvo com arroz do dito, tudo regado com vinho branco e tinto, produção dos donos da casa.

O repasto terminou com um pudim de ovos e laranja feito pela dona da casa, que estava de comer e chorar por mais.
O resto da noite passou - se no jardim onde nada mais se ouvia do que o silêncio.
No dia seguinte, acordei com o cantar de um galo, coisa que não me acontecia seguramente, há mais de 25 anos.
Esteve um dia de praia fantástico. As praias têm a areia muito fininha e branca e a àgua é transparente e...gelada.

A cereja em cima do bolo, foi a ida à Praia da Costa Nova.


É uma antiga aldeia de pescadores, cujas casas recuperadas parecem de brinquedo.



São todas pintadas às riscas, com branco e outra cor.
Além disso têm os pormenores que os donos lhes dão.


As floreiras















As Janelas




























Os banquinhos de jardim



A sã convivência entre Benfiquistas, Sportinguistas, e Portistas

O melhor restaurante da Costa Nova


Na hora do até breve, nem a Betty Boop faltou para se despedir.

Obrigada Fátima e João. Adorámos, como se pode ver.


16 nhận xét :

Carlos Barbosa de Oliveira said...

Antes de mais nada, bom dia e parabéns pelo primeiro aniversário dos Veludinhos ( Isto é que é memmória, hem!).
Depois da "graxa", o puxão de orelhas:
Como é possível ser tão "ignorante" em relação a Portugal? Como é possível não conhecer o Porto, Minho, Trás -os-Montes as belezas do Douro, etc?
É urgente que faça um curso intensivo para conhecer Portugal. Não lhe digo como fiz o meu, para não ocupar espaço, mas diz-lhe, quem conhece 94 países- alguns também desses onde não sabem o que é um europeu- que não conhecer Portugal é uma gravíssima lacuna!
E termino como comecei. Muitos parabéns e que continue a presentear-nos com a sua preesença na blogosfera. Mesmo que seja para me fazer pirraça com os OVOS MOLES ( HMMM, até já me estou a babar!)
Beijinhos e Conchinhas

Antonio saramago said...

Eu conheço mais ou menos Aveiro, é muito bonito sim senhior!
Aliás, as Cidades do Norte sãso muito mais lindas ke as nossas cá de baixo.

Patti said...

Eu sabia que tinhas o blog desde Setembro de 2007, mas não sabia que era logo desde o dia 1 (vi o comment do Carlos).


Então este primeiro comentário é para ti e para o BlueVelvet:

Muitos parabéns aos dois. Ambos me têm dado letras alinhadas, de muita qualidade e interesse para ler, desde há 8 meses para cá.

É um blog, que desde que o conheço, sempre o visitei e comentei e espero continuar a fazê-lo. Não venho por simpatia, por frete ou por obrigação de retornar visitas que me são feitas. Venho porque gosto do que leio, quer me identifique com a opinião da autora ou discorde dela.
Esta nossa relação virtual tem sido positiva e bastante agradável e espero que sempre assim se mantenha.

Desejo muitos felizes posts, como sempre me habituei por aqui.

Beijinhos da vizinha.

Patti said...

Agora Aveiro. Conheço lindamente. É a cidade do meu marido. O Fórum está um espectáculo, não está? E as pontes sempre cheias de flores? Lindíssimo.
e os ovos moles? Eu compro às caixas e como à colherada! sou assim...excessiva com os doces.

A barra é o máximo, também almoço sempre por aí, num restaurante habitual. Lulinhas fritas e peixinho fresco do dia. eregado com branco, pois está claro!

Que grandes anfitriões os teus, com galo matutino e tudo! Que sorte.
('Tadinho do porquinho, bebé e cor-de-rosa, das histórias infantis...).

Petingas fritas? Oh minha Nossa Senhora, que pitéu!
Belo fim-de-semana.

salvoconduto said...

É já aqui ao lado, de vez em quando dou lá um saltinho e lá vêm as barricas de ovos moles...Para baixar o colesterol claro.

O meu ponto de encontro com os amigos era sempre no café Trianon.

Imperdoável, teres deixado fugir o bicho, se ainda ao menos viesse nesta direcção. Por certo que alguma alma caridosa tomou conta dele...

1/4 de Fada said...

Ainda bem que fiquei a saber do aniversário, para poder dar-te os parabéns, porque se houve empatia com "bloguistas", uma delas foi contigo, como já tivemos oportunidade de comentar no outro dia à noite. Aliás, agora é que estou a perceber o risco das consequências da noitada que fizeste, à conversa comigo! Felizmente vocês as duas são mulheres de armas e estavam prontas para um dia em grande! Também adoro Aveiro, sempre que lá vou tenho uma visita guiada semelhante à tua, com pessoas magníficas - deve ser do clima - e também como maravilhosamente, apesar de não ser grande companhia para patuscadas (à excepção dos ovos moles, que são uma perdição).

Justine said...

Adorável reportagem de ternuras, sabores e sentires! Aveiro é uma das belas cidades portuguesas, com os prédios art-nova e os canais e tudo o resto.Ah, e tem uma excelente casa de chás!
Só não conheço o Forum...:)))

Pitanga Doce said...

Ai que susto! Em vez de "petingas fritas" eu li "pitangas fritas". heheheheheheh

Já fiquei em casinhas assim mas foi na praia da Vieira próximo a Marinha Grande. São um charme!

Agora, andar a procura do Tribunal para ir ao Fórum? hehehehehehehe Isto é coisa da BETTY!

beijos Blue e diz a Patti que não consigo entrar na casa dela.
Raios partam o blogger!

JC said...

Aveiro é linda... que mais posso dizer?
Beijinhos

f@ said...

Hum bem giro este post... com aquelas duas ali sentadas ...uma delas só bebia chá.... é chalada...
O toto tá bem bronzeadinho aí na foto... Tenho uma amiga vegetariana que às vezes abre excepções ... não me digas que tiveste dó do tótó...
Quanto Aveiro eu tb gosto mto... ando por aí sempre nas nuvens... das praias nem te falo....
Tb andei por aí no fim semana... bem me pareceu ver uma loira de veludo azul...
beijinhos das nuvens

Cecília said...

Ora então, parabéns, que se impõem não só pelo aniversário, de que fiquei a saber pela "cusquice" da vizinhança, mas também pelas fotos e pelo texto, que revelam uma cidade tão bonita como esta.

E agora sou eu que, em jeito de presente de aniversário, lhe retribuo a gentileza que me demonstrou há dias:

Terei muito gosto em lhe apontar sítios em que se acorda todos os dias com um galo, em que adormecemos com o cantar das cigarras e o coaxar dos sapos, em que se come com prazer e gula sem arrependimentos, em que se passeia a pé sem destino com paisagens sempre fantásticas....e são todos no Norte......

Se quiser, esteja à vontade...não faça cerimónia!!

Um abraço

carlota said...

Estive em Aveiro à uns anos atrás. Gostei muito do que vi, embora tenha lá estado muito pouco tempo.
Ficou a vontade de voltar

Sandra Daniela said...

ooohhhh sua marota!!! andaste aqui pela "minha" cidade... quem sabe até passei por ti!!!!

beijinhos!!!

Oliver Pickwick said...

Fim de semana e tanto, hein Velvet! O lugar, de fato, é muito bonito.
Humm... um lugar onde jamais viram um europeu? Bravo, Velvet, não sabia que conhecia Marte.
Um beijo!

Gui said...

Umas belas mini-férias. Leitão, ovos moles, espero que algum romantismo, apesar de romantismo a sério só em Sintra. Gostei de ter viajado por breves momentos até à Veneza Portuguesa.

LeniB said...

Parabéns!
Conheço bem Aveiro e os arredores,pelas razões que possas imaginar!!
Foi muito bom ver estas fotos (escusavas era de pôr a do leitão e a dos ovos moles!! Adoro!!)
bjs