30 August 2008

OPERÁRIA EM CONSTRUÇÃO


No princípio eu era a Eva
Criada para a felicidade de Adão
Mais tarde fui Maria
Dando à luz aquele
Que traria a salvação
Mas isso não bastaria
Para eu encontrar perdão.


Passei a ser Amélia
A mulher de verdade
Para a sociedade
Não tinha a menor vaidade
Mas sonhava com a igualdade.

Muito tempo depois decidi:
Não dá mais!
Quero a minha dignidade
Tenho os meus ideais!

Hoje não sou só esposa ou filha
Sou pai, mãe, arrimo de família
Sou camionista, taxista,
Piloto de avião, polícia,
Operária em construção...

Ao mundo não peço licença
Para actuar onde quiser
Meu sobrenome é COMPETÊNCIA
E meu nome é MULHER..!!!!

Nota: Desconheço o autor





24 nhận xét :

sagitario said...

apesar de já conhecer o texto, pois foi-me enviado por e-mail, acho que está muito bem conseguido, realmente nós as mulheres somos polivalentes e polipacientes e o que seria da Humanidade sem a nossa existência.
Alguem disse que se Deus quisesse que a Humanidade fosse composta só por homens teria inventado o Adão e o Ivo.
Bom domingo

Patti said...

Olha que MARAVILHA!

Ficava que nem gingas debaixo do meu último post!

Justine said...

Ora aí está um belo manifesto de mulher inteira!
Subscrevo totalmente:))

samuel said...

Bonito!
Bem podia circular mais este tipo de mails, em vez das toneladas de humor tantas vezes indigente, que inunda as caixas de correio electrónico.
A tomada de consciência é (quase sempre) um espectáculo belo e grandioso!

Abreijos

Antonio saramago said...

Pena é que existam muitas muitas Mulheres sem competência para nada.

Filoxera said...

Seja lá quem for o/a autor/a, escreveu acertadamente e com beleza.
Beijos.

Sunshine said...

No meio de tantas "funções" muitas vezes esquecemo-nos que em primeiro lugar ser mulher é ser pessoa.
Beijinhos com raios de Sol

1/4 de Fada said...

Quanto à competência, não me cabe dizer nada, mas em relação a tudo o resto é exactamente o que eu sinto que ando cá a fazer... e às vezes não é nada fácil.
Beijinhos.

Cecília said...

Depois da discussão gerada pelo post da Patti, realmente, só este poema para fazer lembrar a Homens e Mulheres os fantáticos seres humanos que Elas são...

(E de repente veio-me à ideia: ouvir este poema declamado pela Eunice Muñoz ou rever a peça "Mãe Coragem"...)

BlueVelvet said...

Sagitário,
hehe, não conhecia essa frase, mas fartei-me de rir.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Patti,
então foi mesmo por isso que o pus hoje:))
Beijinhos

BlueVelvet said...

Justine,
verdadeiro não é?
Beijinhos

BlueVelvet said...

Samuel,
é verdade.
É preciso sabe escolher:às vezes apanham-se coisas boas.
Abreijinhos

JC said...

Quem escreveu, escreveu um lindo poema. Quem publicou só pode ser alguém extremamente sensível.
Beijinhos

BlueVelvet said...

Ó António...
conhece assim tantas???
Veludinhos azuis

BlueVelvet said...

Filoxera,
gostava de ter sido eu, mas não fui...
Bjokas

BlueVelvet said...

Sunshine,
o pior é que os outros também esquecem.
Beijinhos

BlueVelvet said...

1/4 de Fadas,
não acredito que haja Fadas incompetentes:))
Beijinhos

BlueVelvet said...

Cecília,
foi mesmo por causa do post da Patti que resolvi publicar isto hoje.
Para amenizar e lembrar.
Que bom que percebeste.
Beijinhos

BlueVelvet said...

JC,
ainda bem que gostou.
Obrigada pelas suas palavras.
Beijinhos

nuvem said...

:) Condiz contigo.

Beijinhos

Oliver Pickwick said...

Nada como queimar um sutiã, hein Velvet?
Tem o meu apoio.
Um beijo!

f@ said...

Belissima ideia da Cecilia... daquelas que eu escuto mesmo sem ouvir... declamado pela E M até me faz frio...que mania eu tenho de ler os coment dos outros...
Em construção semmpre ... mesmo sem licença camarária...
Adorei beijinhos das nuvens

ROSA E OLIVIER said...

"...o meu nome é mulher!..."...e para ti...

"Velas do meu pensamento
aonde me quereis levar?"....!?...

baci mille.